Pesquisar

Brasileira, Carolina Arruda, Luta pela Eutanásia na Suíça para Aliviar Dor Crônica



Carolina Arruda, uma jovem de 27 anos de Bambuí, Minas Gerais, está enfrentando uma das condições mais dolorosas conhecidas pela medicina: a neuralgia do trigêmeo bilateral. Diagnosticada aos 16 anos, Carolina sofre com dores excruciantes que são frequentemente descritas como choques elétricos de 220 volts em ambos os lados do rosto. Apesar de inúmeras cirurgias e tratamentos experimentais, sua condição não melhorou, levando-a a tomar a difícil decisão de buscar a eutanásia na Suíça, onde o procedimento é legal.

A neuralgia do trigêmeo é uma condição neurológica rara que afeta cerca de quatro em cada 100.000 pessoas, causando dores intensas no rosto. No caso de Carolina, a dor afeta os dois lados, tornando tarefas simples como comer, falar e sorrir extremamente dolorosas.

Em busca de um alívio que não encontrou em tratamentos convencionais, Carolina iniciou uma campanha de arrecadação de fundos para cobrir os custos de sua viagem e procedimento na Suíça, totalizando cerca de R$ 150 mil. "Não é falta de amor pela vida ou pelas pessoas ao meu redor, é simplesmente um grito por compaixão, por um fim digno," disse Carolina ao compartilhar sua decisão​​​​.

Para aqueles que desejam apoiar Carolina em sua jornada, a campanha está disponível na plataforma Vakinha. A história de Carolina destaca a luta de muitos pacientes que enfrentam dores intratáveis e buscam dignidade no fim de suas vidas.

Leia Também