Pesquisar

Bebê de 7 Meses Morre Após Agressão do Pai em São Paulo



Tragédia no Ipiranga: Criança Não Resiste Após Violência Familiar

Um bebê de apenas 7 meses morreu na noite do último domingo (7) após ser agredido pelo próprio pai no bairro do Ipiranga, zona sul de São Paulo. Segundo o boletim de ocorrência, Wenas Sousa Morais agrediu William Levi Ribeiro Morais depois que o bebê começou a chorar.

Momento da Agressão

A mãe do bebê, Elane Silva Ribeiro, estava no banho quando ouviu o choro intenso de William. Ela saiu rapidamente do banheiro e pediu para o companheiro colocar o filho no berço. No entanto, Wenas informou que o bebê estava mole e gelado.

Tentativa de Socorro

Elane, ao perceber a gravidade da situação, vestiu uma roupa rapidamente e encontrou Wenas tentando fazer massagem cardíaca em William. O casal correu para a casa do marido da prima de Wenas, que chamou a ambulância. Contudo, Elane e Wenas decidiram ir ao hospital com a ajuda de um conhecido.

Resultado Fatal

No pronto-socorro do Hospital Municipal Dr. Ignácio Proença de Gouveia, foi constatado que William não resistiu. A equipe médica identificou hematomas no peito, nas costas e na cabeça do bebê, o que levou à chamada da polícia.

Confissão e Detenção

Inicialmente, o casal alegou que o bebê havia caído, mas Wenas Sousa Morais, temendo que Elane fosse incriminada, confessou a agressão. Ele admitiu ter ingerido álcool e se irritado com o choro do filho. Elane afirmou que Wenas nunca tinha sido agressivo, exceto quando consumia bebidas alcoólicas.

Situação Familiar

Elane Silva Ribeiro e Wenas Sousa Morais mantinham uma união estável há três anos e têm outro filho de 2 anos. O caso foi registrado no 42º Distrito Policial do Parque São Lucas, onde a investigação continua em andamento.

Conclusão

A morte de William Levi Ribeiro Morais é uma trágica lembrança da violência doméstica e das consequências devastadoras do abuso de álcool. A comunidade local está em choque, e as autoridades buscam justiça para a vítima.

Siga-nos no Google News

Para mais notícias, siga o Itupeva Agora no Google News: Itupeva Agora no Google News.

Leia Também