VaideBet encerra contrato de patrocínio com o Corinthians

A VaideBet anunciou nesta sexta-feira que rescindiu unilateralmente o contrato de patrocínio máster com o Corinthians, que estava em vigor até 2026. O rompimento foi motivado pela ativação da cláusula anticorrupção, após surgirem indícios de irregularidades relacionadas ao contrato, incluindo possíveis pagamentos a uma empresa intermediária considerada suspeita.


O contrato, assinado no início do ano, previa o pagamento total de R$ 370 milhões ao clube, dos quais cerca de R$ 66 milhões já foram repassados desde janeiro. No entanto, a VaideBet decidiu encerrar o vínculo devido à abertura de uma investigação policial sobre supostos repasses de comissões a uma empresa "laranja" ligada à negociação.

A casa de apostas expressou preocupação com a repercussão negativa do caso e considerou a relação contratual prejudicial, citando potenciais danos à sua imagem e investimento. Diante disso, optou pela rescisão, mesmo diante da possibilidade de pagamento de uma multa rescisória de aproximadamente R$ 30 milhões.

Desde o último mês, o Corinthians vinha sendo pressionado pela VaideBet devido às notícias envolvendo suspeitas de irregularidades no acordo. Apesar dos esclarecimentos prestados pelo clube, a empresa considerou as explicações insuficientes, culminando na decisão de rescindir o contrato.

O Corinthians, que agora enfrenta o desafio de preencher espaços de patrocínio em sua camisa, contava com a receita do contrato com a VaideBet para impulsionar suas finanças em 2024. A rescisão representa um revés significativo para o clube, que projetava um aumento substancial em sua arrecadação anual com patrocínios.

O caso envolvendo a VaideBet e o Corinthians gerou uma crise administrativa na gestão do clube, com o afastamento de dirigentes e a abertura de investigações internas e externas. Até o momento, o clube não se pronunciou oficialmente sobre o término do contrato de patrocínio máster.

Em comunicado, a VaideBet lamentou o fim da parceria e agradeceu à torcida corintiana pelo apoio, reiterando o compromisso com a ética e a conformidade legal em suas atividades.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia também