Pesquisar

Região - Dois Suspeitos por Ofensas Raciais e Homofóbicas



Na noite da última quarta-feira (19), a Guarda Civil Municipal (GCM) de Vinhedo foi acionada pelo Centro de Operações Integradas (COI) para intervir em um conflito dentro de um supermercado na cidade. Um funcionário do estabelecimento relatou ter sido alvo de insultos raciais e homofóbicos por parte de dois clientes.

Ao chegar ao local, a GCM encaminhou os suspeitos e as testemunhas para a delegacia. Após ouvir os depoimentos, a autoridade policial determinou a prisão em flagrante dos dois acusados, com base na Lei nº 7.716/89, que trata de crimes de preconceito de raça e cor. Ambos permanecem à disposição da Justiça.

“É essencial que ações preconceituosas sejam devidamente punidas pela lei. A GCM de Vinhedo está determinada a combater qualquer forma de discriminação”, declarou Claudemir Braz Araujo, comandante da GCM.

O episódio foi oficialmente registrado na noite de quarta-feira.

Leia Também