Mulher é Presa em Itupeva por Tentar Matar Amante em Hotel



Uma mulher foi presa na madrugada deste sábado (8), em Itupeva, suspeita de tentar matar seu amante a tiros. O homem também foi detido, acusado de lesão corporal por agredi-la durante a confusão em um hotel.

Confronto em Hotel

A Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de disparo de arma de fogo em um hotel. Ao chegarem ao local, os policiais foram informados por uma funcionária sobre uma briga de casal no segundo andar, onde houve um disparo e a fuga de um homem.

Os cabos Barbeli e Alan, com apoio do cabo Murakami e soldado Francilio, foram até o quarto e encontraram a mulher. Ela relatou que estava com seu amante quando a discussão começou. Temendo por sua segurança, ela se trancou no quarto. O amante arrombou a porta, armado, e a agrediu.

Disparo e Fuga

Durante a agressão, a arma caiu no chão. O homem deixou o quarto, e a mulher pegou a arma, seguindo-o pelo corredor. Ela efetuou um disparo que acertou a parede. Após o tiro, ele voltou a agredi-la, tomou a arma e fugiu.

A mulher foi levada ao Pronto Socorro pelos policiais, onde foram constatadas lesões no braço e na cabeça. Após receber atendimento médico, foi conduzida à delegacia e presa em flagrante por tentativa de homicídio.

Prisão do Amante

Com as características fornecidas pela mulher, os policiais iniciaram a busca pelo amante. Os soldados Bento e Archilha, com apoio do sargento Bastos e cabo Miguel, localizaram o suspeito. Ele confessou a fuga e indicou que a arma estava em sua empresa. A polícia apreendeu a pistola 380 no local indicado.

O homem foi levado à delegacia e preso em flagrante. Ele responderá por porte ilegal de arma de fogo, tentativa de homicídio, ameaça, lesão corporal, violência doméstica e disparo de arma de fogo.

Investigação em Andamento

A Polícia Civil de Itupeva continuará a investigação do caso.

Não perca nenhuma notícia do Itupeva Agora, favorite nossa página no Google Notícias por meio deste link.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia também