Ícaro Paz é Condenado a 12 Anos pelo Assassinato do Músico Rafa Desaffio



Após um julgamento que se estendeu por quase dez horas, Ícaro Paz foi sentenciado a 12 anos de prisão em regime fechado pelo assassinato do músico e empresário Rafael dos Santos, conhecido como Rafa Desaffio. A decisão foi tomada nesta quinta-feira (6), no Fórum de Jundiaí. Além da pena de prisão, Ícaro deverá pagar uma indenização de R$ 100 mil na esfera cível.

Relembre o Caso

O caso teve grande repercussão na época, já que Rafael era uma figura conhecida no cenário musical e empresarial de Jundiaí. Na manhã do dia 30 de abril do ano passado, Rafael saía de uma de suas casas noturnas dirigindo seu Camaro quando foi abordado por um outro veículo. O motorista disparou cinco tiros contra Rafael, que morreu dentro de seu carro, ainda ligado. Populares acionaram a Polícia Militar, que encontrou a vítima já sem vida.

Investigação e Prisão

A investigação ficou a cargo da Delegacia de Investigações Gerais (DIG). Cinco dias após o crime, a polícia prendeu Ícaro Paz em Várzea Paulista, identificando-o como o principal suspeito do homicídio. Desde então, ele aguardava o julgamento.

Julgamento e Sentença

O julgamento, realizado no Fórum de Jundiaí, contou com a presença de muitos amigos e familiares de Rafael. Eles usavam camisetas com a foto do músico e levaram faixas e cartazes em sua homenagem. A sala do júri ficou tomada pela emoção durante a leitura da sentença, que determinou 12 anos de prisão para Ícaro Paz.

Para mais notícias sobre crimes e segurança, acompanhe a seção de Empregos do Itupeva Agora.

Favoritem nossa página no Google Notícias para receber as atualizações do Itupeva Agora clicando aqui.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia também