Homem acusado de homicídio do músico Rafael dos Santos enfrentará júri em Jundiaí

Nesta quinta-feira (6), está previsto o julgamento do homem acusado de assassinar o músico e empresário Rafael dos Santos, em Jundiaí (SP), ocorrido em abril de 2023. A confirmação foi dada pela advogada do réu, Maiara Tangerina, ao G1.


Rafael, de 39 anos, foi encontrado morto com quatro ferimentos de bala na rua 23 de Maio, no bairro Vianelo Bonfiglioli. Seu carro estava no local, com a porta do motorista aberta e ainda ligado.

Amigos e familiares de Rafael se reuniram em frente ao fórum com cartazes, clamando por justiça e exibindo uma foto do músico.

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) foi questionado sobre detalhes do julgamento, mas não respondeu até o fechamento desta reportagem.

O acusado foi detido menos de uma semana após o crime. Na ocasião, parentes relataram que Rafael, que possuía dois estabelecimentos comerciais, foi interceptado por outro veículo enquanto se deslocava de um dos locais para o outro, sendo alvejado por quatro disparos.

O caso foi registrado como homicídio no 7º Distrito Policial de Jundiaí e gerou comoção nas redes sociais. Rafael foi sepultado no Cemitério Parque dos Ipês, na mesma cidade.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia também