“Tragédia: Pai é Acusado de Envenenar o Próprio Filho para Afligir Ex-esposa”

 Um trágico incidente ocorreu em Maceió, onde um menino de apenas quatro anos perdeu a vida após ingerir mingau contaminado com um veneno conhecido como “chumbinho”. A polícia de Alagoas informou que o pai do menino é o principal suspeito do crime, que aconteceu na segunda-feira (27). Ele foi detido dois dias depois, na quarta-feira (29).



O suspeito, identificado como Matheus Omena Soares dos Santos, 24 anos, é acusado de envenenar o próprio filho para infligir dor à sua ex-esposa, mãe da criança. A defesa de Santos não foi localizada pela reportagem.

Segundo as investigações, Santos levou o filho à creche após alimentá-lo com o mingau envenenado no café da manhã. Na escola, ele se livrou do recipiente que continha o veneno. A polícia acredita que ele pretendia atribuir a culpa pela morte do filho à escola.

No dia seguinte, terça-feira (28), quando o menino completaria cinco anos, seu funeral foi realizado. Naquela ocasião, Santos concedeu entrevistas, alegando estar abalado e clamando por justiça.

A polícia afirma ter encontrado imagens de câmeras de segurança que mostram o momento em que Santos descarta o recipiente de chumbinho na escola. Quando confrontado com as imagens, ele teria confessado o crime.

A perícia confirmou que a substância encontrada no recipiente foi a causa da morte da criança. Segundo a polícia, o crime foi premeditado. “Ele planejou o assassinato de seu próprio filho por mais de uma semana. Comprou o frasco de chumbinho por R$ 13, usando seu próprio cartão”, disse o delegado Gustavo Xavier.

De acordo com o depoimento de Santos, enquanto a avó da criança preparava o mingau, ele adicionou o veneno à panela e alimentou o filho. Mais tarde, na escola, a criança passou mal e foi levada a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) próxima, mas infelizmente não resistiu.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia também