Pesquisar

Mulher Escapa de Quatro Meses de Cárcere e Tortura feita pelo Namorado e Busca Justiça em Jundiaí

 Uma residente de Jundiaí, de 54 anos, buscou auxílio da Polícia Civil recentemente para relatar uma série de abusos que sofreu do namorado, incluindo agressão física, confinamento e tortura. Ela alega que esses atos horrendos ocorreram durante um período de quatro meses em que ela viveu na residência dele, localizada em Francisco Morato. Após uma fuga bem-sucedida, ela afirma que o homem conseguiu obter o número de telefone de sua filha e tem feito ameaças constantes. Ela solicitou uma ordem de proteção urgente contra ele.


A vítima relatou à polícia que conheceu o homem online em outubro de 2023 e, após algum tempo, decidiu morar com ele em Francisco Morato. A partir desse momento, ela passou por quatro meses de tormento, sendo mantida em confinamento e sofrendo agressões frequentes, que incluíam socos, chutes e golpes com um bastão, além de tortura psicológica.

Segundo seu testemunho, ela conseguiu escapar em um dia e fugiu de volta para sua casa em Jundiaí. No entanto, isso não a manteve a salvo por duas razões: primeiro, porque ele começou a fazer chamadas ameaçadoras para seu celular e, depois de ser bloqueado, descobriu o número de telefone de sua filha e tem feito ameaças a ambas. Além disso, ele trabalha em Jundiaí, em uma empresa do setor têxtil, o que aumenta a sensação de perigo.

O caso deve ser encaminhado para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Jundiaí para investigação.

Notícias Relacionadas