Pesquisar

Mães de Jundiaí irá reunir mais de 300 mulheres em uma balada só para elas

Em comemoração a primeira década do grupo Mães de Jundiaí, mais de 300 mulheres vão se reunir em um evento com muita música, dança e diversão. Dia 23 de maio, a partir das 19 horas no Café Tequila a maternidade será deixada um pouco de hora para que elas tenham algumas horas sem marido ou filhos, para que elas possam resgatar sua individualidade.
Lívia Haddad, jornalista e fundadora do Mães de Jundiaí, conta que um estudo recente da Universidade do Tennessee (EUA) mostrou que, quanto mais conexões sociais as mulheres tiverem fora do ambiente familiar, melhor para todos, inclusive para os filhos. “É aquela máxima de que a mãe precisa estar bem para cuidar dos filhos. Por isso eu tive a ideia de comemorar nossos 10 anos com um evento com banda ao vivo, DJ, e algumas horas só para elas, conversando com outras mulheres, dançando, se divertindo e se desconectando um pouco com as questões do lar”.


Muito se questiona também sobre a entrada restrita apenas às mulheres. Lívia explica que um evento fechado apenas a elas é a possibilidade de se sentir segura no ambiente, podendo curtir e aproveitar se preocupações.

Segundo o Instituto Qualibest e o site Mulheres Incríveis, quase metade delas (49%) perde o interesse pela vida social após se tornarem mães e uma a cada quatro mulheres sofrem de depressão pós-parto. “Sabemos que a maternidade é um momento de profundas mudanças para a mulher e precisamos lembrá-las constantemente que o autocuidado é fundamental nesse período”.

A fundadora ainda conta que o evento é inspirado no Mommys Night Out, uma balada que acontece seis vezes por ano em Belo Horizonte (MG), idealizado pela especialista em Comunidades Mariana Bicalho. “Quando eu vi o poder de uma balada como esta, pensei como as Mães de Jundiaí precisavam de algo semelhante! E eu não estava errada! As vendas ultrapassaram as expectativas e a chegada do grande dia está envolto de muita animação”.

 

Comemoração

No dia 26, o grupo Mães de Jundiaí completa 10 anos de existência e, atualmente, impacta mais de 40 mil famílias em toda região, portanto, esta primeira década será comemorada em grande estilo: uma balada somente para mulheres.

A comunidade surgiu da necessidade de uma mãe no pós-puerpério, que buscava por suporte físico e emocional. “Eu digo que foi por um motivo bastante ‘egoísta’, pois eu precisava de ajuda. Com o passar do tempo eu entendi que todas nós precisamos e esta rede de apoio é essencial para nosso maternar”, explica a jornalista.

Atualmente o grupo é um grande movimento de união entre mulheres que conversam sobre a maternidade com acolhimento, respeito, empatia e solidariedade. “Temos uma representatividade importante aqui na nossa região de Jundiaí (SP) e, com isso, levantamos sempre a ideia de que a maternidade não deve ser solitária, por isso, criei a hashtag #MãedeJundiaíNãoFicaSozinha”.

Para Lívia, a comunidade Mães de Jundiaí tem como objetivo proporcionar acolhimento nos diversos âmbitos da maternidade, incluindo o olhar para a mulher após se tornar mãe. “Buscamos sempre parceiros que estejam em sintonia com a comunidade, apoiando a figura feminina no empreendedorismo, na geração de emprego e renda, no apoio físico e emocional, como a real rede de apoio que somos”.


Serviço

Balada de 10 anos da Comunidade Mães de Jundiaí

23 de maio de 2024

19h às 23h

Café Tequila / Beco Fino

Av. 9 de Julho, 1650 - Parque do Colégio, Jundiaí – SP

Ingressos: https://bit.ly/49w17hy

Notícias Relacionadas