Governo e partidos fecham acordo para taxar Shein, AliExpress e compras internacionais de até US$ 50


Em Brasília, sob pressão do presidente da Câmara, Arthur Lira, e de setores empresariais, o governo federal e os partidos políticos chegaram a um consenso para aplicar uma taxa de 20% sobre as compras internacionais de até US$ 50, que atualmente são isentas. O líder do PT na Câmara afirmou que a proposta representa um acordo entre todas as siglas partidárias e que o presidente Lula se comprometeu a não vetá-la.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia também