Assédio Sexual em Comércio de Jundiaí: Agressor é Detido após Resistir à Prisão

 Em Jundiaí, uma jovem de 23 anos que trabalha em um estabelecimento comercial passou por uma experiência traumática de assédio sexual. Segundo o relato da jovem à Polícia Civil, um cliente começou a fazer observações inapropriadas sobre sua vestimenta e expressou seu desejo de vê-la sem roupas. O homem então avançou sobre ela, tocando-a de maneira indevida.



A jovem pediu ajuda e a Polícia Militar foi acionada. Um outro cliente tentou protegê-la e quase foi agredido pelo assediador.

O agressor tentou escapar, mas foi perseguido pelos outros clientes presentes. A jovem também informou à polícia que recebeu um tapa no rosto do agressor.

Os policiais militares solicitaram reforço e conseguiram localizar o agressor. No entanto, na entrada da delegacia, localizada na Avenida Nove de Julho, o homem atacou um dos policiais, resistindo à prisão.

Foi necessário o uso de algemas para conter o agressor, que foi levado para a Cadeia Pública de Campo Limpo Paulista, onde aguardará a Audiência de Custódia.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia também