Pesquisar

Jundiaí perde o Padre João Roque Lorenzatto

A Congregação dos Missionários de São Carlos - Scalabrinianos, com grande tristeza, comunica o falecimento do Padre João Roque Lorenzatto, CS, ocorrido no início desta tarde, 29 de abril de 2024, no Recanto Scalabrini, em Jundiaí, SP, aos 96 anos, por causas naturais.
Nasceu no dia 16/08/1927 em Vila Maria, Rio Grande do Sul, Brasil. Na época, pertencia ao município de Guaporé.
Entrou no Seminário Scalabriniano em 28/02/1941, Seminário Apostólico “Aeterni Patris”, Guaporé, RS, onde esteve até 1946.
Seguiu depois para Noviciado Sagrado Coração de Jesus em Nova Bassano, RS, no início de 1947, até o dia 12/02/1948 quando fez a Primeira Profissão Religiosa, nas mãos do Pe. Domenico Carlino, delegado do Superior Provincial.




Cursou a filosofia nos anos de 1948 a 1950 no Seminário Sagrado Coração de Jesus em Nova Bassano, RS.
No dia 12/02/1951 fez a Profissão Perpétua no Seminário Apostólico “Aeterni Patris” em Guaporé, RS.
Nos dois anos seguintes, 1951 e 1952, este prestando serviço no Seminário São Rafael em Casca, RS, como clérigo assistente dos seminaristas.
Novamente no Seminário Apostólico “Aeterni Patris” em Guaporé, RS, cursou teologia nos anos de 1953-1956.
Recebeu a Tonsura no dia 14/04/1952 no Seminário Maior de São Leopoldo, RS, Arquidiocese de Porto Alegre. O Ostiariato e Leitorado se deu no dia 06/09/1953 na Paróquia Sagrado Coração de Jesus em Nova Bassano, RS, Diocese de Caxias do Sul. O Acolitado foi no dia 09/05/1954 e o Subdiaconato no dia 18/03/1956.
A ordenação diaconal foi realizada no Seminário Maior de São Leopoldo, RS, no dia 29/07/1956, por Dom Vicente Alfredo Scherer, arcebispo de Porto Alegre. Também foi ele quem presidiu a ordenação presbiteral no dia 23/12/1956, na Paróquia São Luiz Gonzaga em Casca, RS (na época pertencia à Arquidiocese de Porto Alegre).

Sua atividade missionária scalabriniana foi desenvolvida toda no Brasil:

1957 e 1958: Vigário paroquial, Paróquia São Pedro, Bairro Umbará, Curitiba, PR.
1958: Vigário paroquial, Paróquia São José e Santa Felicidade, Bairro Santa Felicidade, Curitiba, PR.
Janeiro a setembro/1959: colaborador, Paróquia Nossa Senhora das Graças, Vicente de Carvalho, Guarujá, SP.
09/1959 a 1972: Pároco, Paróquia Santo Antônio, Quitungo, Rio de Janeiro, RJ. Em 1971 fez curso de administração hospitalar.
1964 e1965: Ano de “aggiornamento”, Roma, Itália.
03/1973 a 09/1974: Diretor espiritual, Seminário Maior São João XXIII, Ipiranga, São Paulo, SP.
09/1974 a 01/1975: Confessor, Igreja Santo Antônio, São Paulo, SP; estudante de Direito civil.
01/1975 a 1979: Superior e Reitor, Igreja Santo Antônio, São Paulo, SP. No dia 1º/12/1977 formou-se bacharel em direito civil pelas Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU), São Paulo, SP.
06/1979 a 1982: Vigário Provincial e Ecônomo, Província São Paulo (Ipiranga), São Paulo, SP. Acompanhou a construção do Seminário Filosófico, Bairro Uberaba, Curitiba, PR (1979 a 1981).
1982 a 1985: 2° Conselheiro e Ecônomo, Província São Paulo (Ipiranga), São Paulo, SP.
10/1985 a 1988: Pároco, Paróquia Divino Espírito Santo, Cuiabá, MT.
03/1988 a1994: Pároco, Paróquia Santa Cecília e São Pio X, Botafogo, Rio de Janeiro, RJ.
03/1994: Confessor, Igreja Santo Antônio, São Paulo, SP.
03/1995 a 2003: Vigário paroquial, Paróquia Nossa Senhora das Graças, Vicente de Carvalho, Guarujá, SP.
09/2003 a 02/2004: Vigário paroquial, Paróquia São José, Ribeirão Pires, SP.
Março a agosto/2004: Vigário paroquial, Paróquia Santa Cecília e São Pio X, Botafogo, Rio de Janeiro, RJ.
08/2004 a 01/2006: Vigário paroquial, Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem, São Bernardo do Campo, SP.
02/2006 a 2021: Vigário paroquial, Paróquia São José, Ribeirão Pires, SP.
08/2021 a 04/2024: Recanto Scalabrini, Jundiaí, SP.
Rezemos pelo descanso eterno deste estimado sacerdote: “O eterno descanso, dai-lhe, Senhor. A luz perpétua o ilumine. Descanse em paz. Amém”

Notícias Relacionadas