Pesquisar

Prisão em Jundiaí: Filho detido por série de crimes contra mãe idosa de 77 anos



Em um incidente ocorrido na cidade de Jundiaí, um homem de 45 anos foi detido por envolvimento em uma série de delitos contra a própria mãe, uma senhora de 77 anos. O caso, registrado na tarde de domingo, inclui acusações de furto, cárcere privado, agressão e ameaça. A vítima, desesperada pela situação de violência e coação vivida, recorreu à polícia solicitando proteção contra o filho agressor.

De acordo com o relato da idosa às autoridades, ela vinha sendo constantemente ameaçada de morte pelo filho, que também é acusado de ter subtraído seu cartão bancário. Após perceber um saque indevido de R$ 135 de sua conta, a senhora entrou em contato com a Guarda Municipal, explicando a situação e fornecendo uma descrição do suspeito. Diante da gravidade dos fatos, os guardas municipais iniciaram buscas pelo acusado, que culminaram com a descoberta dos dois na cozinha da residência da vítima.

Um dos guardas, ao suspeitar da situação de risco em que a idosa se encontrava, decidiu agir de forma decisiva para garantir sua segurança. Ao entrar no quintal da casa, o guarda se deparou com a cena da mãe e do filho juntos, momento em que a senhora expressou seu alívio pela intervenção, destacando que o filho a havia ameaçado para impedir que ela buscasse ajuda.

O acusado foi imediatamente levado à delegacia, onde foi formalmente preso pelos crimes mencionados. A vítima, por sua vez, buscou amparo legal, solicitando uma medida protetiva para se resguardar de futuras ameaças. A decisão sobre a manutenção da prisão do filho será tomada em uma audiência de custódia prevista para ocorrer no dia seguinte ao da prisão.

Este caso ressalta a importância de mecanismos de proteção a vítimas de violência doméstica e a pronta resposta das forças de segurança em situações de risco iminente. A preservação da identidade da vítima e dos detalhes específicos do caso visa garantir sua segurança e dignidade.

A Polícia Civil, sob a supervisão do delegado responsável, segue com as investigações para assegurar a aplicação da justiça e a proteção da vítima, reforçando o compromisso das autoridades com o combate à violência doméstica e a proteção dos direitos dos cidadãos.

!-->