Pesquisar

Preconceito afasta homens de fazer terapia



Saúde mental é assunto muito sério, isso todos nós sabemos, é fato! Após a Pandemia da Covid 19 então, os números de pessoas que apresentam algum transtorno emocional teve um aumento considerável, segundo pesquisas recentes. Porém, é visível que as mulheres são a grande maioria na busca por terapias para tratar desses transtornos. Mas e os homens? Será que eles são imunes aos transtornos emocionais? A resposta é não! O preconceito ainda permanece forte na maioria dos homens. Admitir que precisa de ajuda profissional é uma barreira que precisa ser rompida, por grande parte deles. O homem que sofre com transtornos como por exemplo ansiedade e depressão, precisa entender que a ajuda de um profissional é fundamental para melhorar sua condição. Outra dificuldade é o homem imaginar-se em um divã de um consultório, falando da sua vida para uma pessoa totalmente estranha à ele! O apoio de familiares é fundamental para que haja esse rompimento com o preconceito, além disso, a procura por um profissional qualificado é primordial para o sucesso da terapia. A terapia online é uma alternativa muito interessante nesses casos, tendo em vista que a pessoa não necessita ir ao consultório pessoalmente. Se na sua família tem alguém sofrendo com algum transtorno emocional e por medo, preconceito ou qualquer outro motivo, se nega à buscar ajuda, converse com ele. Pois são muitas alternativas de terapias e excelentes profissionais preparados para ajudar nesse processo. Fábio Franjoti Psicanalista CRTP 3970

!-->