Jüsto abre vagas remotas internacionais para revolucionar o varejo online na América Latina

Compartilhe!


O Jüsto, uma inovadora startup de supermercado online focada na América Latina, anuncia a abertura de vagas para profissionais que desejam integrar sua equipe em regime de home office. Com o objetivo de transformar e melhorar a experiência de compra dos latino-americanos, a empresa destaca-se pelo desenvolvimento e implementação de tecnologias avançadas que apoiam desde a seleção e gestão de estoques até as operações e logística. Este movimento reforça o compromisso do Jüsto em construir um modelo de negócio mais justo e sustentável, fortalecendo pequenos e médios produtores ao proporcionar-lhes uma plataforma ampla para comercializar seus produtos online.

Vagas Disponíveis

Atualmente, o Jüsto oferece duas posições chave para ampliação de sua equipe:

  1. Backend Engineer: Voltada para profissionais da área de desenvolvimento de software, esta vaga busca indivíduos capazes de contribuir para a construção e manutenção da infraestrutura tecnológica por trás da operação do supermercado online. A posição é marcada por ser uma oportunidade internacional, totalmente remota, exigindo fluência na língua inglesa.

  2. Technical Leader: Esta posição é destinada a líderes técnicos que possuem habilidades excepcionais em orientar equipes de desenvolvimento, garantindo a entrega de soluções tecnológicas eficazes e inovadoras. Assim como a vaga de Backend Engineer, esta é uma oportunidade internacional e 100% remota, com a necessidade de proficiência em inglês.

Como Candidatar-se

Os interessados em fazer parte da equipe do Jüsto devem acessar a plataforma Remotar, através do link https://remotar.com.br/company/1101/justo, onde poderão encontrar mais informações sobre as vagas e o processo de candidatura. É uma excelente oportunidade para profissionais que buscam não apenas integrar uma empresa em pleno crescimento, mas também contribuir para uma iniciativa que visa promover um impacto positivo na sociedade, oferecendo um modelo de negócios mais sustentável e justo para os produtores e consumidores latino-americanos.

Postar um comentário

0 Comentários

Notícias Relacionadas