Campanha do Jornal Itupeva Agora surte efeito e Câmara de Itupeva desiste de aumentar número de Vereadores.

Compartilhe!


Foi votado e reprovado, na noite desta terça-feira (6), projeto de lei que alterava a lei orgânica do município de Itupeva para ampliação de 13 para 15 vereadores na cidade. 

O projeto havia sido aprovado em primeiro turno no final do ano passado, por 9 votos a 3, mas como se trata de alteração na lei orgânica, é necessário que seja aprovado em dois turnos, realizados em sessões distintas. E diferente da primeira votação, em que foi aprovado por mais de dois terços da Casa, o projeto agora foi rejeitado por unanimidade. Em primeiro turno, votaram pelo aumento os vereadores Ana Paula, César Farali, Duzinho, Eliana Borges, Everaldo Primo do Hortênsia, Ezequiel Alves, Márcio Gallo e Valdemir Grandão. 

Já pela reprovação, votaram Cícera Zanata, Isaque Messias (atualmente vice-prefeito) e Jota Júnior. 
Angelin Lorenção ocupava o cargo de prefeito em exercício na época e o vereador Lucas Fumacinha esteve ausente na primeira votação.

Este jornal, Itupeva Agora, desempenhou um papel crucial ao longo do debate sobre o projeto, conduzindo uma campanha informativa que destacou os potenciais impactos financeiros da medida. A preocupação central era o aumento estimado de quase dois milhões de reais nos gastos públicos.

Este acontecimento reafirma o compromisso do Itupeva Agora com o jornalismo responsável e engajado, que busca informar, esclarecer e promover o debate público em torno de temas relevantes para a cidade.


Postar um comentário

0 Comentários

Notícias Relacionadas