Indenização da Serasa: Justiça Determina Pagamento de R$ 30 mil a milheres de cidadãos, veja se seu nome está na lista

Compartilhe!



A Serasa, uma organização de proteção ao crédito, foi ordenada pela Justiça a compensar financeiramente milhares de cidadãos em todo o Brasil. A decisão judicial estipulou que a Serasa deve pagar uma indenização de R$ 30 mil a cada indivíduo afetado pelo vazamento de dados da empresa.

A ação legal é uma resposta à divulgação não autorizada de informações pessoais de cidadãos registrados na Serasa. O Instituto Sigilo identificou a irregularidade e iniciou um processo contra a empresa.

O vazamento de dados da Serasa afetou milhares de pessoas, de acordo com uma pesquisa do Instituto Sigilo. As informações pessoais foram divulgadas de maneira inadequada, sem o consentimento das vítimas. Dados como CPF, RG, endereço, número de telefone e renda foram expostos.

Há suspeitas de que essas informações tenham sido usadas para oferecer empréstimos pessoais e realizar outras transações financeiras. Uma situação semelhante ocorreu anteriormente com os dados do Auxílio Brasil. Naquela ocasião, a Justiça Federal ordenou o pagamento de uma indenização de R$ 15 mil a todas as vítimas.

Para verificar se foram afetados pelo novo vazamento, os cidadãos devem fazer uma consulta no site do Instituto Sigilo. Ao acessar a plataforma, o indivíduo deve inserir seu CPF para realizar a verificação. Se seus dados foram vazados, ele será notificado.

A recomendação é que as vítimas procurem um advogado para iniciar um processo contra a Serasa. O advogado deve solicitar uma indenização pela divulgação inadequada de informações. Para cidadãos de baixa renda, a solicitação pode ser feita através da Defensoria Pública.

Para mais informações sobre a indenização da Serasa, consulte o link fornecido.

Postar um comentário

0 Comentários

Notícias Relacionadas