Pesquisar

Tragédia em Alta Velocidade: Acidente Fatal leva a vida de homem que estava em Porsche a 250 km/h



Na madrugada de segunda-feira, um grave acidente ocorreu em Belo Horizonte, envolvendo um carro de luxo, um Porsche, avaliado em aproximadamente R$800 mil. O incidente se deu na Avenida Barão Homem de Melo, localizada no bairro Estoril, região Oeste da cidade. Infelizmente, o acidente resultou na morte de um homem e deixou outro gravemente ferido.

De acordo com informações da Polícia Militar, as vítimas retornavam de uma celebração noturna. Testemunhas, incluindo funcionários de um posto de combustível nas proximidades, relataram ter observado o veículo executando manobras de alta velocidade na área antes do acidente. O passageiro, um homem de 32 anos chamado Cayke Pelegrino Tavares, foi ejetado do carro e faleceu no local, evidenciado pela presença de fragmentos do banco do passageiro na avenida.

O condutor do veículo, também de 32 anos, foi resgatado consciente e encaminhado para um hospital na região central de Belo Horizonte. Até o momento, não há atualizações sobre seu estado de saúde.

Durante a investigação no local do acidente, os peritos constataram que o velocímetro do carro estava travado em 250 km/h, indicando a velocidade extrema com a qual o veículo se deslocava. Além disso, destroços do Porsche e uma garrafa de whisky foram encontrados próximos ao local do acidente.

O sargento Evaldo Mendonça, da Polícia Militar, destacou a severidade do acidente, mencionando que o carro atingiu vários postes e ficou destruído na via. Foi revelado que o motorista saiu de uma boate próxima e desceu a avenida em alta velocidade. Embora tenha sido oferecido, não foi possível realizar o teste do bafômetro no local, devido à necessidade de atendimento médico urgente do motorista.

Adicionalmente, a polícia verificou que a carteira de habilitação do motorista está vencida desde 2012, embora o veículo estivesse com a documentação em dia. A Polícia Civil está realizando a perícia para determinar as circunstâncias exatas do acidente.

!-->