Pesquisar

Série de Roubos a Motoristas de Aplicativo em Jundiaí e Várzea Paulista: Quadrilha em Ação



Recentemente, houve uma série de incidentes envolvendo roubos a motoristas de aplicativos na região de Jundiaí e Várzea Paulista. Os eventos, marcados pela violência e repetição, indicam a ação de uma quadrilha especializada neste tipo de crime.

O início dos ataques ocorreu na madrugada de domingo, 10 de [mês], quando um motorista, conduzindo um veículo modelo Logan, foi alvo da quadrilha. Ele recebeu um pedido de corrida para a área do Cidade Nova, localizada na divisa entre Jundiaí e Várzea Paulista. Infelizmente, ao chegar ao destino, o motorista foi surpreendido e roubado pelos criminosos.

O mesmo veículo roubado no primeiro assalto foi usado pela quadrilha na noite do mesmo domingo para cometer outro crime. Desta vez, a vítima foi um motorista trabalhando para a empresa 99. O segundo assalto ocorreu quando o motorista aceitou uma corrida na Avenida Pacaembu, no Jardim Paulista, também em Várzea Paulista, com destino ao Cidade Nova. O solicitante da viagem usava o perfil "Vinícius", o mesmo que havia solicitado a corrida no primeiro assalto.

Durante o segundo assalto, o motorista foi levado a uma estrada de terra, onde sofreu agressões e teve R$ 300 em dinheiro roubado. Além disso, os criminosos usaram o cartão da vítima para fazer compras em uma mercearia, totalizando mais R$ 300 em gastos. Eles tentaram realizar um PIX, mas não conseguiram devido a um defeito no celular do motorista.

Um detalhe perturbador relatado pela vítima ao "Jornal da Região" é que, assim como no primeiro assalto, um dos criminosos praticou o ato de "roleta russa", forçando a vítima a correr enquanto ameaçava atirar.

Os veículos roubados foram posteriormente encontrados. Os casos estão sendo investigados pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí.

Em resposta aos eventos, a empresa 99 expressou seu pesar aos motoristas afetados, garantindo que o perfil usado pelos criminosos foi bloqueado para impedir novas solicitações de viagens. A empresa também informou que está investigando os incidentes.

Um outro motorista, vítima de um assalto anterior, acredita que os ataques recentes foram realizados pela mesma quadrilha. A Polícia Civil solicita que qualquer pessoa com informações relevantes entre em contato através do telefone 181, assegurando o anonimato do informante.

Notícias Relacionadas