Pesquisar

VISITA AO CENTRO DE REFERÊNCIA DO AUTISMO EM JAGUARIÚNA BUSCA AMPLIAR O ATENDIMENTO EM ITUPEVA.


Ampliar e aprimorar o atendimento ao autista e familiares em Itupeva: foi com esse objetivo que o prefeito em exercício, Angelin Lorenção, esteve no Centro de Referência do Autismo de Jaguariúna, nessa quinta-feira (23), onde se reuniu com o presidente Wilson Mellilo e a diretora dos centros, a psicóloga Paula Lima Mellilo.

No início de outubro, o prefeito em exercício já havia visitado a unidade de Louveira para conhecer o atendimento e ficou bastante animado com o que viu. Nesta nova visita, agora na sede, foram apresentados mais detalhes para que Itupeva possa contar com o serviço, como já acontece em outras cidades, como Holambra, Itatiba e Valinhos.


“Estamos trabalhando para encaminhar a implantação de um Centro também em Itupeva”, comentou Angelin.

Os Centros de Referência do Autismo contam com especialidades para atender as demandas de cada paciente, incluindo médico, psicólogo, neuropsicólogo, psicopedagogo, pedagogo, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta, fonoaudiólogo e educador físico.

O atendimento para crianças também inclui os pais e responsáveis, principalmente com atividades coletivas. O objetivo é gerar um desenvolvimento saudável para o paciente de forma integrada com a família.

“Precisamos ter uma sociedade inclusiva. Fortalecer os pais, para que eles possam acessar o filho. Por isso, trabalhamos com treinamento parental para toda a família”, explicou Paula. “Os autistas podem ser funcionais, podem ser ativos e depende da gente. Para nós é importante fazer a diferença na vida das pessoas”, completou, citando dados divulgados pelo órgão de saúde Centers for Disease Control and Prevention (CDC) em 2020, que apontam um caso de autismo a cada 36 crianças.


Adultos também são atendidos pelos Centros, com protocolo que conta com suporte à inserção de práticas integrativas, como treino de habilidade social e inserção no mercado de trabalho.

“Investir em intervenções terapêuticas não é apenas uma questão de responsabilidade social, mas também um investimento para construir uma sociedade mais equitativa e capaz de aproveitar ao máximo o potencial de cada indivíduo”, definem os responsáveis pelos Centros.

O prefeito em exercício afirmou que essa visita reforçou ainda mais a importância de trabalhar para que seja possível a implementação de um Centro em Itupeva.

“Foi bom por ter também a participação de profissionais da área, que entendem e avaliam melhor os serviços oferecidos”, comentou, se referindo à coordenadora de saúde mental e psicóloga, Débora Chepuck Piedade; e à fonoaudióloga do Ambulatório de Saúde Mental, Silmara de Cássia Lopes, que acompanharam a visita.

“É um trabalho Maravilhoso. Proposta terapêutica, espaço físico, tudo é ótimo. Tomara que consiga implantar em Itupeva para atender as necessidades de nossas crianças e adultos”, avaliaram as profissionais. 

*Próximos passos*

Na próxima semana, familiares de autistas irão conhecer o Centro de Referência de Holambra. Na quinta-feira (30), está marcada uma palestra às 19h no HTPC, para apresentar os serviços realizados pelos Centros.

Notícias Relacionadas