Pesquisar

Anvisa Proíbe Venda de Lotes de Molho e Extrato de Tomate de Marcas Conhecidas Devido a Contaminação por Pelo de Rato



A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) atua com o objetivo de assegurar a saúde da população através da regulação e controle de produtos e serviços sujeitos à vigilância sanitária. A agência possui poderes para intervir em casos de risco à saúde pública, incluindo a apreensão, proibição e recolhimento de produtos.

Recentemente, a Anvisa tomou uma medida drástica ao proibir a comercialização e distribuição de determinados lotes de molho e extrato de tomate. Esta ação foi motivada pela detecção de contaminação por pelos de rato, que representa um risco significativo à saúde. Os produtos afetados pertencem a marcas conhecidas, incluindo Aro, Elefante e Pomarola.

Conforme divulgado, a contaminação foi identificada em três lotes de extrato de tomate e em um lote de molho de tomate. Estes produtos não atenderam aos padrões sanitários exigidos, com a presença de pelos de roedores além do limite máximo permitido pela legislação.

Como resposta, a Anvisa exigiu das empresas responsáveis o recolhimento dos lotes contaminados do mercado. As vendas desses produtos permanecerão proibidas até que os problemas sejam devidamente corrigidos e os padrões de segurança sejam atendidos.

Esta medida reforça o compromisso da Anvisa com a saúde pública e destaca a importância do controle rigoroso de qualidade dos produtos alimentícios. A ação da agência serve como um lembrete crucial para as empresas do setor sobre a necessidade de manter altos padrões de higiene e segurança em todas as etapas da produção e distribuição de alimentos.

!-->