Preço do Arroz Aumenta 5% em Agosto, Segundo FAO

Compartilhe!



Em agosto, o preço do arroz no Brasil teve um aumento de 5%, de acordo com um relatório mensal da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). No cenário global, o preço subiu 10%. No Brasil, a elevação do preço representa um acumulado de 30% quando comparado com o mesmo período do ano anterior. Os dados indicam que o preço por tonelada de arroz aumentou de US$ 550 para US$ 716 nos últimos 12 meses.

A produção de arroz no Brasil atende à demanda nacional, mas também se destina a exportações. Para equilibrar a oferta interna, o país importa volumes similares aos que exporta. De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento, a produção brasileira de arroz para 2023 é estimada em 10 milhões de toneladas, enquanto as exportações devem alcançar 1,7 milhões de toneladas. A produção para a safra atual é projetada como 7% menor em relação à safra anterior. Essa diminuição ocorre apesar de um aumento na produtividade média e é majoritariamente devida a uma redução de 8,5% na área cultivada.

Focando nas regiões produtivas, o Rio Grande do Sul se destaca como o maior produtor de arroz no país, respondendo por aproximadamente 70% da safra nacional. Santa Catarina, também no Sul, contribui com 12% da produção brasileira. Juntos, esses estados compõem 83% da produção nacional de arroz. O Nordeste vem em segundo lugar, responsável por cerca de 9% da produção.

Postar um comentário

0 Comentários

Notícias Relacionadas