Pesquisar

Bebê nasce em posto de combustível na Rodovia Hermenegildo Tonoli


Na ultimo dia 27 de agosto, um parto ocorreu em um posto de combustíveis localizado à beira da Rodovia Hermenegildo Tonoli, a caminho de Itupeva. A mãe, Genivania Melo, buscou atendimento em um hospital em Jundiaí associado ao seu plano de saúde, mas recebeu uma recusa devido à carência do plano, mesmo com 8 dedos de dilatação.

Tudo começou quando ela chegou ao hospital conveniado por volta das 19h, no entanto, devido à sua carência no plano de saúde, a internação foi negada. Mesmo em estágio avançado de trabalho de parto, a mãe teve que dair do hospital às 19h20 sem ter recebido assistência médica.

Poucos minutos após sua saída, por volta das 19h30, Ana entrou em trabalho de parto enquanto estava a caminho do Hospital Municipal de Itupeva. Com a urgência da situação, uma família parou em um posto de combustíveis às margens da Rodovia Hermenegildo Tonoli, onde solicitaram ajuda imediata.

Felizmente o parto ocorreu bem e criança saudável, logo em seguida, uma equipe da Polícia Militar chegou ao local e levou mãe e filho a Unidade de Pronto Atendimento no Jd. Novo Horizonte, após os primeiros atendimentos, os dois foram encaminhados para o Hospital Universitário. 

https://www.instagram.com/reel/Cxblu5iAU70/?igshid=MzRlODBiNWFlZA==

Devido o frio que fazia naquela noite, o bebê teve hipotermia. Hoje, mãe e filho estão bem.

Este incidente levanta sérias questões sobre as políticas de atendimento em hospitais associados a planos de saúde, especialmente quando a carência do plano impede o atendimento imediato em situações de emergência.

Notícias Relacionadas