Menino de 12 anos, morador de Jundiaí, disputa final do ‘Pequenos Gênios’ no Domingão com Luciano Huck

Compartilhe!

 Ter um filho que se dedica aos estudos é o sonho de muitos pais, mas para uma família que mora em Jundiaí (SP) esta realização começou ainda bem cedo.

Felipe Simões Borba, de 12 anos, está no sétimo ano da escola e é um dos integrantes do grupo chamado “Tridimensionais”, que participa da nova temporada do quadro Pequenos Gênios, do programa Domingão com Huck.

O menino nasceu em Recife e veio morar com a família no bairro Vila Boaventura, em Jundiaí, há 10 anos. É o filho do meio de três irmãos e mora com os pais, Renata Simões e Rui Felipe Borba. A mãe conta que partiu de amigos da família a ideia do filho participar do programa.

“A gente assistiu um episódio no ano passado e uns amigos disseram que deveríamos inscreve-lo. Na hora ele topou. Eu até insisti um pouquinho para ele não ir, por medo dele se frustrar, mas ele quis tentar. Fizemos a inscrição dele em setembro e ele participou de todas as etapas pela internet.” conta.

As altas habilidades de Felipe foram notadas ainda no começo da infância. Com apenas três anos, o menino começou a ler sozinho.

“Com cinco anos ele fez a primeira avaliação psicológica e foi apontado que ele era superdotado. Mas desde novinho a gente sempre notou que ele era muito curioso”, conta.

Paixão pela leitura e por desenhos

O que muitos consideram cansativo, Felipe encara como diversão. A mãe do pequeno gênio diz que o menino lê dois livros por dia facilmente. Além da paixão pela leitura, ele gosta de usar o tempo vago para desenhar.
“Ele aprendeu a desenhar profundidades e perspectivas praticamente sozinho. Inclusive, ele passou vários dias se dedicando a um desenho que a gente não sabia o que era. Aí depois ele nos contou que ia entregar pro Luciano Huck.” revela a mãe.

Planos para um futuro promissor

Sobre o que deseja ser no futuro, Renata diz que o filho muda de ideia toda hora, mas isso não é um problema para o garoto.


“Hoje, ele diz que quer ser escritor, desenhista ou fazer Medicina e se especializar em genética. Mas, se precisar mesmo escolher, ele sempre fala que pode ser mais de uma coisa.”

Planos para um futuro promissor

Sobre o que deseja ser no futuro, Renata diz que o filho muda de ideia toda hora, mas isso não é um problema para o garoto.

“Hoje, ele diz que quer ser escritor, desenhista ou fazer Medicina e se especializar em genética. Mas, se precisar mesmo escolher, ele sempre fala que pode ser mais de uma coisa.”

A nova temporada do quadro “Pequenos Gênios” estreou em julho deste ano. Durante os episódios, meninos e meninas com altas habilidades mostram todo seu potencial em desafios que exigem conhecimento em lógica, memorização e raciocínio rápido.

Fonte / Imagem: G1

Postar um comentário

0 Comentários

Notícias Relacionadas