Apagão Afeta Distrito Federal e 19 Estados Brasileiros: Causas Sendo Investigadas

Compartilhe!

 


Na manhã desta terça-feira (15), um apagão repentino atingiu o Distrito Federal e pelo menos 19 estados em todo o país. Diversas regiões, desde o Norte até o Sudeste, foram afetadas pelo incidente, que provocou interrupções no fornecimento de energia elétrica e trouxe impactos significativos para moradores e serviços públicos.

Até o momento, o Operador Nacional do Sistema (ONS) e o Ministério de Minas e Energia não divulgaram informações conclusivas sobre a causa desse incidente inesperado.

Uma série de estados apresentaram relatos de quedas de energia, incluindo Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins. Os efeitos foram variados, afetando desde o funcionamento dos semáforos em cidades como Salvador, Teresina e Belém, até a paralisação do metrô em algumas localidades.

O incidente ocorreu por volta das 8h20 e resultou na interrupção da carga elétrica em várias regiões do Norte e Nordeste do Brasil, atingindo também estados do Sudeste. De acordo com o ONS, já foram iniciados os trabalhos de recomposição e até às 9h16, cerca de 6 mil MW dos 16 mil MW afetados já haviam sido restabelecidos.

O ministro das Minas e Energia, Alexandre Silveira, reagiu rapidamente à situação e ordenou a criação de uma sala de situação para lidar com o problema. As causas do incidente estão sendo minuciosamente investigadas, e a prioridade é restabelecer a energia de forma eficaz e evitar futuras ocorrências semelhantes.

José Marengo, coordenador do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), comentou que, ao que tudo indica, a origem do incidente não está relacionada a fatores climáticos, como a seca. Marengo ressaltou que, apesar do baixo volume de chuvas, não há um quadro de seca extrema, especialmente na região nordeste do país, onde se iniciou o apagão.

Postar um comentário

0 Comentários

Notícias Relacionadas