Pesquisar

Jundiaí - Cursos descentralizados facilitam o acesso ao conhecimento e à qualificação profissional

 Bastante conhecido por oferecer cursos gratuitos de qualificação profissional à população, o Fundo Social de Solidariedade de Jundiaí (Funss) reforça esta sua vocação também por meio da descentralização de capacitações. De fevereiro a outubro deste ano, 1988 vagas foram disponibilizadas pelo Funss. Destas, 543 foram ofertadas, exclusivamente, para turmas com aulas realizadas em localidades mais afastadas da região central.

De acordo com a primeira-dama e presidente do Funss, Vanessa Machado, o avanço firme e consistente na oferta de capacitações, workshops e oficinas é resultado do comprometimento com as necessidades e os anseios das pessoas que residem em Jundiaí. “Acreditamos que a formação é o alicerce da transformação de realidades. Por isso, assumimos e cumprimos o nosso compromisso de levar os cursos aos bairros. Desta maneira, facilitamos ainda mais o acesso à capacitação e, também, integramos toda a comunidade”, explicou.

Elisabete buscou o curso do Fundo Social para ter uma profissão

Os cursos que são realizados de forma descentralizada possuem a mesma qualidade e o mesmo conteúdo programático daqueles que são desenvolvidos na sede do Fundo Social, no Parque da Uva. Além de formações que exigem investimento inicial baixo e têm capacidade de geração de renda rápida, como Manicure e Pedicure, Designer de Sobrancelhas, Eletricista, Costura Criativa e Gastronomia, o Funss também está atento às exigências e necessidades do mercado de trabalho, como é o caso das turmas de Cuidador de Idosos, promovidas em parceria com o Conselho Municipal de Direitos da Pessoa Idosa (COMDIPI). A última foi promovida na região do bairro Morada das Vinhas, com aulas no Centro de Integração da Cidadania (CIC) Ary Fossen.

“Eu procurei o curso do Fundo Social para ter uma profissão. Aos finais de semana, eu trabalho como folguista na casa de uma família, mas a minha ideia é também buscar uma oportunidade de trabalho em uma clínica de repouso a partir do meu diploma”, contou a aluna Elisabete Kuntgen Pereira da Costa, de 38 anos, moradora no Jardim Bonfiglioli.

Ednaldo: oportunidade de aprendizado de qualidade

Atualmente trabalhando em uma empresa metalúrgica, Ednaldo de Souza Amaro, de 33 anos, também é aluno do Funss. “Os cursos oferecidos pelo Fundo Social são excelentes. Já participei das turmas de Eletricista Residencial, Panificação e, agora, Cuidador de Idosos. Além de conhecermos outras pessoas, temos a chance de aprender com professores atenciosos e capacitados. Sempre que tiver a chance de participar, quero estar envolvido e aprimorando os meus conhecimentos”.

“O Fundo Social tem sido protagonista nessa parceria com o COMDIPI e as Assessorias de Políticas Públicas de Direitos Humanos e do Idoso. O COMDIPI tem por prioridade o aporte de recursos em projetos de atendimento à pessoa idosa com plano de trabalho, critérios de atendimento justos, inclusão social, atendimento de vulnerabilidade e legalidade com financiamento através de recursos do Fundo Municipal da Pessoa Idosa”, afirmou Fé Juncal, presidente COMDIPI. 

“É uma alegria contar com o apoio de empresas, instituições e organizações amigas que, assim como nós, também acreditam neste trabalho que transforma talentos em oportunidades”, afirmou a diretora do Funss, Francine Picardi.

Para mais informações sobre cursos gratuitos, os interessados podem ligar para o Fundo Social pelos telefones (11) 4589-6319, 4589-6320, 4589-6322. O Funss fica localizado dentro do Parque da Uva. O acesso é pela avenida Dona Manoela Lacerda de Vergueiro, s/n, portão 03, bairro Anhangabaú. O funcionamento da unidade é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, exceto feriados.

Assessoria de Imprensa

Foto: Fotógrafo PMJ

Notícias Relacionadas