Pesquisar

A partir desta terça-feira (15) Hospital São Vicente readequa fluxo de visitas

 A partir desta terça-feira, 15, o Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HSV) realiza mudanças em seus horários de visitas. A adequação visa garantir a segurança, reduzir o fluxo de pessoas em suas dependências e minimizar os riscos de transmissão da Covid-19 para pacientes em recuperação. 

Desta forma, a duração do tempo de visita aos pacientes internados passa a ter duração de 30 minutos e as visitas aos pacientes das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) passa a ocorrer em um único período. Critérios de idade para visitar os pacientes passa a ser idade inferior a 60 anos e superior a 18 anos, sendo restrito acesso de pessoas do grupo de risco. 

Passa a ser permitida a troca de dois acompanhantes ao dia para cada paciente internado, entre 6h e 21h. Importante ressaltar que o uso de máscara de proteção individual para acesso ao Hospital é obrigatório.

O centenário hospital, mesmo durante os períodos mais críticos da pandemia, manteve a assistência

Confira como ficam os horários de visita:UTIs – permitido um visitante: – UTI I (antiga UTI Geral) – 13h30 às 14h;- UTI II (antiga UTI Coronariana) – 14h30 às 15h;- UTI III (antiga UTI Neuro/Semi-Neuro) – 12h às 12h30;- Unidade de Suporte Intensivo – 14h30 às 15h;- Unidade Pós-Operatória – 13h30 às 14h.Enfermarias – permitido um visitante:- Pronto-Socorro (internação) – 15h às 15h30;- Emergência (somente se não houver intercorrências) – 11h às 11h30;- Enfermaria I (antiga Clínica Masculina) – 16h às 16h30;- Enfermaria II (antiga Ortopedia) – 16h às 16h30;- Enfermaria III (antiga Clínica Cirúrgica II) – 16h às 16h30;- Enfermaria IV (antiga Clínica Cirúrgica I) – 16h às 16h30;- Enfermaria VII e Enfermaria VIII (Cuidados Paliativos e Saúde Mental) – 16h às 16h30.

De acordo com dados da Vigilância Epidemiologia da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), a média móvel de número de casos de COVID-19 em Jundiaí, teve aumento na comparação entre os sete dias anteriores.No último dia 10, foram realizados 157 testes, sendo 57 positivos, ou seja, 36,3%. A média móvel da semana está em 88 testes realizados, com 24 positivos, ou seja, positividade de 27,10%. Já uma semana antes, no dia 3, foram realizados 30 testes, com um positivo. A média móvel naquele período foi de 14,9% em positividade. É importante que as pessoas que ainda estejam com alguma dose em atraso, busquem pela aplicação, para completar o esquema contra a doença.

Assessoria de Imprensa

!-->