Pesquisar

Mulher confessa ter tido ajuda de ‘pai de santo’ para assassinar seu próprio marido



A esposa do motorista de aplicativo Alberto de Oliveira Gomes, Andreia Ramos Cortes confessou participação na morte do Marido.

Em depoimento a polícia, viúva contou ter colocado um medicamento que inibe as funções do sistema nervoso central e permite alguma sedação, no suco da vítima e a deixado, desacordada, em uma área de mata fechada, no Alto da Boa Vista. O corpo foi encontrado oito dias depois, já em adiantado estado de decomposição.

Ainda no depoimento ela contou que planejou o crime com seu “pai de santo” contra quem também foi cumprido um mandado de prisão temporária.

O que teria motivado o crime seria seguros de vida em nome do falecido que somam R$ 600 mil. O combinado seria, após o corpo de Alberto ser deixado por ela no lugar marcado, ele terminaria o “serviço”.

Com informações do Metrópoles.

Notícias Relacionadas