Simone Tebet reconhece que Brasil é país conservador e que maioria da população não quer mudança na Lei do Aborto



Em entrevista ao Universa, a candidata Simone Tebet, reconheceu que a população brasileira é conservadora e que a paula "Aborto" não é um tema que agrade a maioria da sociedade atual 

"Nós estamos diante de uma sociedade conservadora. Hoje, a população não está preparada para discutir a questão do aborto além do que já é previsto em lei. Antes disso, a população está preparada —pelo menos 100% das mulheres e acredito que 90% dos homens — para debater um tema tão grave quanto esse, que é a violência contra a mulher.Às vezes, a gente tem mania de querer avançar muito em determinadas discussões, que vão levar anos para andar no Brasil, quando a gente tem questões prontas para serem discutidas. Mas, quando a gente fala da violência contra a mulher, violência política, doméstica, sexual, estupro, isso é quase unanimidade. A gente precisa avançar onde dá para avançar, no momento certo e do jeito certo."