Menino é diagnosticado com demência aos seis anos de idade


Kayden Traynor foi diagnosticado com demência infantil quando tinha apenas seis anos, depois de apresentar sintomas semelhantes ao seu tio-avô, de 80, que também estava lutando contra a doença.
A criança começou a perder a memória e as suas capacidades de visão e mobilidade começaram a deteriorar-se. Valerie Traynor, mãe do menino, percebeu que os sintomas do filho eram idênticos aos de George, um tio que tinha sido diagnosticado com demência alguns anos antes. Soube-se depois que o menino sofria de Batten, uma rara demência infantil.
Atualmente, Kayden tem 13 anos e, de acordo com o jornal Daily Mail, a criança já não reconhece a sua mãe, tratando-a a penas por Val. O menino passa ainda a maior parte do tempo numa cadeira de rodas.
"Ele costumava ser muito bom com a memória a longo prazo, datas e aniversários. Era um rapaz muito ativo e divertido, como a maioria das crianças de seis anos", disse Valerie Traynor.
A mulher revelou ainda que notou muito cedo os sintomas da doença, já que o menino se esquecia de nomes e dizia apenas palavras selecionadas. Valerie disse ainda que quando o filho e o tio estavam juntos era possível perceber as semelhanças entre os sintomas dos dois.