Mais de 20 mil pessoas prestigiaram a Festa Julina de Itupeva no Parque da Cidade



O evento que teve início no dia 8 de julho foi encerrado na noite deste domingo (10)

A Festa Julina no Parque da Cidade foi encerrada, na noite deste domingo (10), após proporcionar lazer e diversão à população e também aos visitantes. O evento que teve início no dia 8 de julho, contou com apresentações musicais, barracas típicas e diversas atrações, reunindo, nestes três dias, mais de 20 mil pessoas.

A secretária de Agricultura e Cultura, Valdirene Pavan, comentou sobre a realização do evento. "Foi uma festa realmente linda! Era possível ver famílias completas no evento, que reuniu bastante gente no Parque da Cidade. As Festas Juninas e Julinas são tradição da nossa cultura e precisam ser conservadas", disse ela.

O último dia da festa encantou a todos, com apresentações do Grupo Duestesia, da quadrilha profissional, do grupo Alexsander Pereira e trio de Forró e, também, dos cantores Ivan e Amador.

As amigas Ana Paula Salles, Vanessa Carvalho e Aurinete Souza prestigiaram a Festa Julina e afirmaram que o evento foi encerrado com chave de ouro. “Fazer uma festa desse tipo é manter a tradição das Festas Julinas. A festa está top! Muito aprovado!", disseram.

Já o casal Rosane Cordeiro e Osvaldo da Costa, de Jundiaí, estiveram na sexta e no domingo, no Parque da Cidade. "Nosso filho tocou com a banda do Alexander Pereira na sexta e hoje (domingo). Foi uma forma de prestigiarmos o trabalho dele e também a festa, que está show!", comentaram.

Neste domingo (10) as famílias de Alana Silva do Nascimento e Ilvany estiveram no Parque da Cidade. "Chegamos bem cedo aqui, logo depois do meio dia, e aproveitamos demais! Trouxemos as crianças para se divertir e elas aproveitaram o dia todo! A festa está ótima", dissera.

A festa é uma realização da Prefeitura de Itupeva, com intermédio da Secretaria de Agricultura e Cultura e contou com o apoio dos servidores municipais de todas as secretarias, bem como de associações de bairro e instituições, como a APAE.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia também