Jundiaí é a segunda cidade do Brasil em ranking de Desenvolvimento Sustentável



Lançado nesta sexta-feira (8), o Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades – Brasil (IDSC-Br), traz Jundiaí na segunda colocação do ranking das cidades brasileiras em desempenho nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), formulados pela Organização das Nações Unidas (ONU). A pesquisa foi realizada entre as 5.570 cidades brasileiras.

Segundo o índice, Jundiaí está em segundo lugar nacional em Desenvolvimento Sustentável, com 65,4 pontos (do total de 100), ficando atrás apenas de São Caetano do Sul (65,62). Os destaques jundiaienses foram nos ODS Energia Limpa e Renovável, Indústria, Inovação e Infraestrutura, além de Vida na Água. Pelo portal, é possível a comparação entre cidades, estados, regiões, e até mesmo biomas diferentes, quanto ao nível de desenvolvimento sustentável.

Para o prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado, o destaque em um ranking que analisou cidades de todo o Brasil mostra que o planejamento definido pela administração municipal alcança os objetivos esperados. “Jundiaí cresce e se desenvolve econômica e socialmente, mantendo a sustentabilidade e respeitando o meio ambiente. Os principais destaques desta edição estão nos indicadores positivos apurados, em razão dos investimentos realizados em saneamento básico, infraestrutura, meio ambiente e inovação para o mercado”, observa Luiz Fernando.

A ferramenta, que coloca o Brasil como o primeiro país do mundo a avaliar os avanços e os retrocessos da Agenda 2030 da ONU, é fruto de uma parceria entre o Instituto Cidades Sustentáveis (ICS), entidade que estimula a melhoria da qualidade de vida nas cidades brasileiras, e a SDSN (UN Sustainable Development Solution Network), uma iniciativa que nasceu dentro da própria ONU para mobilizar conhecimentos técnicos e científicos no apoio de soluções em escalas locais, nacionais e global.

O lançamento acontece na primeira edição do Fórum de Desenvolvimento Sustentável das Cidades, que prossegue até o dia 10, no pavilhão da Bienal do Ibirapuera. A pesquisa avaliou os 17 ODS de todos os municípios brasileiros, com a identificação de resultados e desafios na busca pela melhoria das condições de vida das pessoas.

“O município de Jundiaí tem uma política de governança que estabelece o planejamento, o monitoramento e a entrega como pilares da boa prestação de serviços públicos. Além disso, desde 2017 adotamos mecanismos de gestão para aumentar a eficiência no uso dos recursos públicos e aumentar a capacidade de investimento do município, especialmente nas áreas avaliadas pelo Instituto Cidades Sustentáveis, razão desses bons resultados colhidos agora. Isso é um bom relatório – totalmente isento, para o nosso munícipe que paga impostos, pois, assegura que a cidade está no caminho certo”, explica o gestor de Governo e Finanças de Jundiaí, José Antonio Parimoschi.


Jundiaí é a segunda cidade em ranking nacional de Desenvolvimento Sustentável

Dados e transparência


Da análise individual dos municípios surge um ranking que vai permitir a comparação entre cidades, estados, regiões, e até mesmo biomas diferentes, quanto ao nível de desenvolvimento sustentável. O mapa interativo poderá ser acessado gratuitamente em um portal web, mas o IDSC-Br terá seu lançamento oficial durante a abertura do Fórum de Desenvolvimento Sustentável das Cidades, que acontece entre os dias 8 e 10 de julho de 2022, na Bienal do Ibirapuera, em paralelo à Virada ODS. O indicador é uma iniciativa do Instituto Cidades Sustentáveis, no âmbito do Programa Cidades Sustentáveis, e conta com apoio do Projeto Citinova, do Ministério de Ciência e Tecnologia, Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente e o Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF na sigla em inglês).

O IDSC-BR é uma ferramenta para conscientizar a sociedade e orientar a ação política municipal, estadual e federal, contribuindo para uma visão integrada dos desafios da cidade e a identificação de temas prioritários para ações e investimentos.

Para que o munícipe tenha acesso aos dados relacionados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs), a Prefeitura de Jundiaí lançou recentemente a nova versão do Observatório Jundiaí, ferramenta de transparência com 300 indicadores que revelam as condições sociais, econômicas e outras dimensões da cidade, como dados de Saúde, Educação, Transporte, Segurança, Economia, entre outros. O trabalho foi desenvolvido pela Unidade de Gestão de Governo e Finanças. Inclusive, o munícipe poderá acessar os ODS no portal do Observatório em breve.


(Fonte/Imagem: Prefeitura de Jundiaí)

Postar um comentário

0 Comentários

Leia também