Consumo de chá traz benefícios à saúde, além de melhorar a sensação térmica corporal



O chá é uma bebida que cai cada vez mais no gosto do brasileiro. De acordo com pesquisa realizada pela Euromonitor International, o consumo de chá no Brasil cresceu 25% entre 2013 e 2020, quase o dobro da média mundial de 13%.

“Principalmente no inverno é comum recorrermos às bebidas que dão conforto térmico e mais calóricas, por isso trouxemos o Festival Delícias de Inverno, com muitos chás, bebidas quentes e alimentos que dão esse conforto que a estação mais fria do ano pede”, explicou Jacqueline Tavares, gerente de marketing da rede Covabra Supermercados. As ofertas são encontradas em todas lojas da rede, nas 11 cidades em que está presente, e no Covabra Entrega, em que todas compras realizadas até as 13h são entregues no mesmo dia, ou o cliente pode retirar na loja de preferência.

Segundo a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), durante o período de isolamento dos últimos dois anos, houve um aumento na demanda pelo chá, especialmente entre os jovens, que redescobriram o amor pela bebida, devido aos benefícios de hidratação e à sensação de bem-estar.

E os benefícios do chá vão muito além. Diversos estudos apontam que o consumo de três xícaras de chá diárias diminui o risco de diversas doenças, como câncer de fígado, doenças hepáticas, doenças cardíacas, hemorragia cerebral, além de diminuir em 21% a chance de AVC e em 37% o risco de desenvolver depressão.

Os chás podem ser termogênicos (canela, chá verde, chá mate), que aceleram o metabolismo, calmantes (camomila, erva cidreira, maracujá), que ajudam a restaurar o sono, ou diuréticos (cavalinha, quebra pedra, abacateiro), que tratam a retenção de líquidos, e as propriedades mudam de acordo com a planta ou alimento utilizado para a infusão

Segundo pesquisa da Universidade de Northumbria, do Reino Unido, o chá de hortelã tem poder de despertar o humor, a cognição e ajuda a melhorar a memória de longo prazo. Enquanto a camomila tem propriedade calmante e efeito sedativo, também diminuindo a velocidade de memória e atenção.

As ervas e alimentos de infusão podem ser utilizadas em combinações para potencializar as propriedades da bebida, como a Leão Relaxa, que combina camomila com maracujá, Leão Recarrega, com chá mate e guaraná, ou a Leão Reequilibra, com chá verde, hortelã e limão. Também pode ser utilizada a mistura de diferentes bases buscando melhor aporte vitamínico, como a combinação de açaí com guaraná (vitamina B), gengibre, mel e cúrcuma (vitaminas C, D e zinco) e laranja com cenoura (vitaminas A, C e E).

Apesar de muito utilizado nos tempos mais frios, para ajudar a aquecer o corpo, as bebidas de infusão também podem ser consumidas em temperatura ambiente ou fria. Em geral a preparação deve ser feita com água quente e após o período de preparo, levado à geladeira.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia também