Acusada de adultério, mulher é agredida e forçada a carregar o marido nos ombros por vilarejo na Índia


Um incidente vergonhoso aconteceu no último domingo (07/03) em Dewas (Mahya Pradesh, Índia). Uma mulher acusada de adultério foi "julgada" por moradores e agredida em praça pública. Para completar a punição, a mulher de 30 anos teve que carregar o marido nos ombros. De acordo com a polícia, o marido da mulher a espancou brutalmente na frente dos moradores e a obrigou a andar pela vila carregando ele nas costas. A mulher ficou desaparecida por quatro dias e acabou sendo encontrada na companhia de um amigo. O marido e outros moradores locais ficaram indignados e decidiram “fazer justiça”. O marido e outros oito envolvidos no incidente foram presos sob a acusação de agressão, insulto a mulheres, modéstia e intimidação criminosa.
"O marido registrou queixa de desaparecimento na delegacia de Uday Nagar. Recentemente, ele soube que a mulher estava na casa de um homem que dizem ser seu amigo íntimo. O marido da mulher chegou à casa e a arrastou na frente dos aldeões. Mais tarde, ela foi espancada brutalmente", declarou Suryakant Sharma, superintendente da Polícia de Dewas, de acordo com o "India.com".

Postar um comentário

0 Comentários

Leia também