Jundiaí - Mulher é achada morta amarrada em árvore no Distrito Industrial


Uma mulher ainda não identificada, com idade entre 40 e 45 anos, foi vítima de um crime brutal que está sendo investigado pela polícia. Seu corpo foi achado amarrado em uma árvore na região do Distrito Industrial de Jundiaí.

Laudo do Instituto Médico Legal (IML) deve definir a causa da morte. Não foi informado se peritos chegaram a analisar preliminarmente o cadáver no local do encontro para descobrir possíveis marcas de violência externa, como perfurações causadas por disparos de arma de fogo ou ferimentos por faca.

Trata-se de uma mulher branca, de olhos e cabelos castanhos, com mechas nos fios. Ela media aproximadamente 1,60m e 60 quilos, e trajava uma calça jeans azul, tênis preto e blusa verde.

Nenhum documento de identificação foi encontrado junto ao corpo. Por esse motivo, o cadáver deve permanecer por algum tempo no IML antes ser liberado para sepultamento como indigente.

Além do 5º DP, responsável pela apuração na região onde a mulher foi achada, o caso deve ser analisado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí, que é considerada uma unidade especializada da Polícia Civil.

Informações sobre quem seria a vítima, o motivo da morte ou o possível autor do crime podem ser passadas ao Disque-Denúncia pelo número 181 ou à Polícia Militar (190). Não é necessário se identificar.

Leia também...