Garota de programa confessa que matou cliente por ciúmes de outras mulheres


Uma garota de programa, de 44 anos foi presa acusada do assassinato de um homem de 43 anos. De acordo com a polícia civil, a mulher possuir ficou com ciúmes do cliente por ter tido contato com outras meninas também.
A polícia disse horas antes de ser assassinato. O homem estava com uma mulher desconhecida. Uma vez localizada, ela foi levada para a delegacia e, inicialmente, notificou que não estava com a vítima. No entanto, acabou confessando que tinha um encontro com Carlos, mas que não cometeu o assassinato.
Na confissão, a mulher proveu informações sobre a segunda mulher que também teve contato com a vítima. Durante sua confissão, ele negou ter cometido o crime mas uma arma de fogo foi encontrada .
Em seu depoimento à delegacia a mulher de 44 anos disse que não teve nada a ver com o assassínio porém, as provas achadas pela equipe de investigação indicaram o contrário.
Levando em conta as informações colhidas pela polícia Civil, ele acabou confessando o crime e foi autuado pelo Delegado Bruno Palmiro por homicídio.

Leia também...