Família de Itupevenses está fazendo viagem de carro por toda América do Sul


A família de Itupevenses Marcos(33 anos), Silvana (34 anos) e a filha, Sara Lis (4 anos), saíram de Itupeva para percorrer toda América do Sul de carro. 

No Instagram @somostresporai, a família compartilha as aventuras iniciadas há quatro meses, já tendo passado por diversas cidades do Brasil, Uruguaí, Chile e Argentina. 

Crescidos na cidade, Marcos e Silvana se conheceram em Itupeva e moraram na cidade até se casar. Antes de iniciar a viagem, fizeram o preparativo e iniciaram a viagem no próprio município, primeiro pelo Sul do Brasil. Depois do litoral uruguaio, foram até a cidade de Ushuaia pela Ruta 3 e subindo Argentina pela Ruta 40.


Marcos define a viagem como "uma experiência sensacional, mas também bem desafiadora!".

“Muitas pessoas nos ajudaram [no percurso]. Uma vez o carro atolou na neve em Ushuaia, em Tierra Mayor e uma pessoa chegou e começou a tirar a neve com uma pá, sem falar muito, apenas ajudando. Depois chegaram mais quatro pessoaas pra ajudar a empurrar, foi quase uma hora pra desatolar"

Outro caso curioso foi a falha no GPS que fez a família andar por mais 300km: “Quando estávamos indo ao Ushuaia, me perdi no caminho pois o mapa não funcionou devido à falta de sinal, e o mapa Offline que baixamos não cobria a aréa em que estávamos passando dentro do Chile, e fomos parar em uma cidade no extremo sul do país. Andamos cerca de 300 km a mais entre ida e volta”.



Na viagem, os Itupevenses também acumularam amigos: "uma família que conhecemos em Traunque Lauque foi extremamente receptiva e viramos amigos, jantamos na casa deles e até hoje nos falamos; foi uma família que nos encorajou a ir até Ushuaia".

Ainda segundo Marcos, a viagem não tem previsão para terminar. 


"Nossa viagem não tem uma data de término, nossa ideia inicial era conhecer a Patagônia e mudar o estilo de vida, que é o que estamos tentando fazer. Daqui queremos voltar ao Brasil, para explorar mais, pois conhecemos somente região sul e sudeste.".



Jesse Koz


Durante o dia 70 da viagem, a família recebeu a informação da morte do também viajante e inspirador Jesse Koz. Na ocasião, a Família comentou o caso em rede social: “Teríamos tanta coisa a dizer, estamos um pouco sensível com o último acontecimento da perda de um viajante em acidente. Já teve dias que passamos olhando stories, assistindo vídeos no YouTube e imaginando ‘será que um dia estaremos na estrada também como eles? Quando encontramos essas pessoas na estrada, parece que estamos encontrando alguém da família, é muito legal essa aproximação. No instagram passamos somente um recorte de tudo que vivenciamos, estar na estrada parece ser lindo, e é realmente, mas tem os seus desafios, tem os seus perrengues e nesses 70 dias já passamos por alguns. (Queremos fazer um post somente sobre perrengues). Mas o que mais nos deixa vulnerável com certeza é em relação à saúde e segurança. Nesses 70 dias já aprendemos muito com certeza e que possamos seguir daqui em diante sem esquecer o principal, estarmos juntos e inteiros e presentes, não importa a estrada!”.