Dia dos Namorados: 57% dos consumidores pretendem dar presentes

 Considerada a terceira melhor data do ano para as vendas no varejo, o Dia dos Namorados, celebrado em 12 de junho, ajudará no equilíbrio do balanço semestral do varejo, avalia o Sindicato do Comércio Varejista de Jundiaí e Região (Sincomercio) e a Câmara de Dirigentes Lojistas de Jundiaí (CDL).

Para este ano, a expectativa é de que sejam injetados cerca de R$ 18,06 bilhões na economia, valor próximo ao de 2021, com a intenção de 57% dos entrevistados comprarem presentes no Dia dos Namorados. Os dados são da pesquisa realizada pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), realizada em parceria com a Offerwise.

Conforme o levantamento, em média, o consumidor brasileiro deve desembolsar R$ 196 com os presentes do Dia dos Namorados. Quanto a forma de pagamento, 26% pretendem pagar no cartão crédito parcelado, 18% no cartão de crédito à vista e 18% no cartão de débito.

Mais procurados

Roupas (37%), perfumes, cosméticos e maquiagem (34%), calçados (23%), um jantar (19%) e bombons e chocolates (19%) devem ser os presentes mais procurados.  De acordo com o levantamento, na hora de escolher o local de compra, 48% afirmam que são influenciados pelo preço, 43% pela qualidade dos produtos, 37% pelas promoções e descontos e 28% pela diversidade de produtos.

Comemorações

Quanto às comemorações, 36% pretendem passar a data na própria casa, com queda de 19 pontos percentuais frente a 2021, ano em que o isolamento da pandemia ainda vigorava; já 29% preferem jantar fora (com aumento de 11 pontos percentuais comparado a 2021) e 10% em um hotel / motel.

“Os comerciantes devem apostar promoções, fazer parcerias de negócios, montar kits de produtos e oferecer facilidades no pagamento.  Além do comércio, os setores gastronômicos e de turismo também devem se beneficiar com a data com oferta de refeições especiais para os casais e pacotes para o final de semana”, avalia Edison Maltoni, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Jundiaí (CDL) e do Sindicato do Comércio Varejista de Jundiaí e Região (Sincomercio).

Horário estendido e atrações

Para estimular as vendas e atender os consumidores, o comércio de Jundiaí terá horário estendido no sábado (11), quando as lojas do Centro e dos bairros atenderão até as 18h. O Sincomercio  e a CDL promoverão das 10 às 14h do sábado os passeios gratuitos no Expresso da Alegria pelas ruas do Centro, com embarque na Praça Marechal Floriano Peixoto (Praça do Coreto). Já das 11 às 13h30 haverá atração cultural em parceria com o Sesc Jundiaí. “Nossas ações visam atrair a atenção da população ao comércio central e promover entretenimento em um dia com horário especial de funcionamento”, pontua Maltoni. 

(Fonte/Imagem: Sincomercio Jundiaí)

Leia também...