Campanha de vacinação contra a gripe e sarampo é prorrogada; aplicação nas Unidades



Com o objetivo de aumentar a cobertura vacinação da população contra a gripe e sarampo, a Secretaria de Saúde – com orientação do Ministério da Saúde – prorrogará a campanha de imunização.

Este ano, as duas campanhas foram feitas de forma simultânea. O prazo inicial previa que a ação de imunização para os públicos prioritários terminasse nesta sexta-feira (3) e, agora, o novo prazo é 24 de junho.

Os grupos prioritários são esses:

- Sarampo: crianças de 6 meses a menores de 5 anos e profissionais da Saúde

- Influenza: idosos com mais de 60 anos, profissionais da Saúde, crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes, puérperas, trabalhadores da Educação, pessoas com deficiência, pessoas com comorbidades, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário e forças de segurança e salvamento

Todos devem apresentar documentação no ato da vacinação. Gestantes e puérperas devem apresentar a carteira de gestante; profissionais da Educação e da Saúde necessitam apresentar comprovação do vínculo de trabalho; crianças devem ter a caderneta levada ao posto de saúde; comorbidades podem ser comprovadas com atestado médico, laudo ou prescrição de receita de medicamento de uso contínuo.

Onde se vacinar? As vacinas são aplicadas em todas as Unidades de Saúde, em horário estipulados por cada uma, de segunda à sexta-feira, sem agendamento.

Leia também...