Brasil - Macaco armado assusta, ameaça moradores e rouba comida deles



Um macaco armado com uma faca causou terror por pelo menos uma semana em Corrente, localizada no estado do Piauí, Brasil. Os moradores garantem que o animal os ameaçou e roubou comida deles em mais de uma ocasião.

Um vídeo que foi gravado por um repórter mostra como o macaquinho atinge as paredes e tetos das casas com a faca.

No registro, o profissional diz que o mamífero estava há pelo menos uma semana “ fazendo uma grande bagunça ” nas casas dos vizinhos atingidos, informa a Globo .

Segundo a pessoa que gravou o vídeo do macaco fazendo bagunça pelas casas, ele conta que alguns vizinhos optaram por se trancar , enquanto outros aceitaram com graça.

"Aqueles que sofreram com a bagunça ficaram preocupados porque não podiam deixar suas portas ou janelas abertas. Outros acharam engraçado, virou meme ", diz.

Além disso, segundo a história, o macaco teria roubado roupas, biscoitos e até caixas inteiras de sabão em pó das casas das pessoas.

Ele foi capturado

Após as denúncias feitas pelos vizinhos, o  Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (Icmbio) conseguiu capturar o macaco, juntamente com a Secretaria do Meio Ambiente de Corrente.

Os especialistas se certificaram de que o macaco estava bem de saúde e foi transferido para o Bioparque Zoobotânico, um abrigo de animais.


Recuperação


O primata chamado " Chico " tem aproximadamente dois anos e atualmente convive com outros macacos de sua espécie.

Da mesma forma, passará por um tratamento de recuperação que permitirá que retorne ao seu habitat natural nos próximos meses. Enquanto isso, um microchip foi colocado nele para rastreamento.

A bióloga Vanessa Gomes , do Bioparque Zoobotânico, destaca que "observamos como ele está se alimentando, principalmente os aspectos sociais, como ele se integra com os demais macacos. Com esse processo de reabilitação eles conseguem recuperar seus instintos, principalmente quando estão como isso, em um rebanho. Os macacos-prego são muito sociais."

Além disso, o veterinário Fabiano Barbosa , coordenador do centro, afirma que o macaco "teve sorte porque teve cobertura da mídia e foi resgatado".

“ Que o Chico sirva de exemplo para a sociedade piauiense para que não queiram mais manter esses animais em cativeiro . É um crime ambiental. Eles precisam ser livres”, conclui o profissional de saúde animal.