Bêbado, jovem compra cavalo em leilão e só descobre no outro dia: 'Não sei cuidar do cachorro, imagina de cavalo'



O que era para ser um momento de descontração com os amigos se transformou em dor de cabeça para o jovem Diogo Machado, 24 anos, que comprou um cavalo por impulso em um leilão online. A decisão precipitada deixou o menino de Dourados (MS) desesperado ao perceber que não tinha onde colocar o animal ou mesmo como cuidar dele.. Ao g1, Diogo informou que estava em casa no último sábado (4) e quando um amigo o colocou em um grupo de leilões, o rapaz percebeu que havia pago todos os lances para a compra do cavalo. "Fui a um leilão online e lembro que alguém deu 100 reais por um cavalo, achei barato demais e comecei a dar um lance mais alto". 

Diogo se defendeu dizendo que "não estava tão sóbrio" na hora da compra, e saiu para beber e se divertir com alguns amigos após o leilão. "Quando percebi comprei um cavalo. Não sei cuidar de cachorro, como faço para cuidar de cavalo?", disse. Na manhã seguinte ao leilão, o jovem acordou com mensagens de pessoas perguntando quando ele iria resgatar o animal e pagar. "Acordei com a mensagem de que o preço do leilão estava sendo cobrado, fiquei chocado, minha mãe queria me matar, não me lembro exatamente", disse ele. 

Poucos dias antes da compra, Diogo tinha falado com a mãe que queria um golden retriever. "Ela disse que não podia porque não havia espaço em casa, então eu fui lá e comprei um cavalo", disse ele. Diogo relatou que não conhecia os procedimentos necessários para a compra de animais. "O cavalo está em Novo Horizonte do Sul, achei que era só colocar dentro da carretinha e ir embora, mas precisa de documento e o transporte era mais caro que o cavalo”", disse. Após crowdfunding solidário e desespero extremo, Diogo conseguiu pagar o leilão e vender o animal. "Fiquei calmo depois que o cavalo foi vendido. Minha mãe queria me matar. Muitas pessoas me ajudaram."