Vinhos de Jundiaí são premiados em grande evento



Terra da Uva está em festa. Resultado das premiações recebidas por dois produtores de vinhos de Jundiaí no evento São Paulo Wine Trade Fair, que se encerra hoje, no no Pavilhão de Exposições do Anhembi. O evento, voltado para os profissionais e produtores dos segmentos de vinhos e destilados, reuniu produtores de todo o Brasil para o congresso, que além da premiação, também apresentou novidades e ampliou o mercado para os produtores.

A CRS Brands recebeu duas medalhas de ouro, com os vinhos Georges Aubert Brut Tradicional 2019 e Georges Aubert Nature 2019. Já a Vinícola Castanho ficou com a medalha de prata com o Cave Gran Corte 2019. O Concurso Vinhos e Destilados do Brasil acontece há 20 anos e, nesta edição, contou com 400 participantes.

“A produção de uvas e vinhos de Jundiaí tem destaque nacional e esses prêmios mais uma vez comprovam a qualidade dos nossos produtores e empresários locais”, declara o prefeito Luiz Fernando Machado. “E isso traz reflexos positivos na economia local e também em nosso turismo.”

Para o gestor de marketing Ricardo Leme, proprietário da Vinícola Castanho, a premiação é o reconhecimento de um trabalho de muitos anos. “Ficamos muito felizes pois nosso trabalho é feito com carinho e dedicação. Este não é o primeiro prêmio que recebemos, mas o reconhecimento nacional para um produto fabricado pelo pequeno produtor, disputado com todo o Brasil, sempre tem sabor especial”, comemora o rapaz que faz parte da terceira geração da família que tem na produção de vinho a fonte de renda da família desde 1968.

Para o gestor da Unidade de Gestão de Agronegócio, Abastecimento e Turismo (UGAAT), Eduardo Alvarez, a participação de Jundiaí só reforça a importância do setor para a economia da cidade. “Participar de um evento dessa magnitude e ainda ter os produtos feitos em nosso território, pelo produtores da nossa cidade, premiados, prova a qualidade dos produtores locais. O fomento ao turismo rural é uma das nossas prioridades”, comenta o gestor da UGAAT. A cidade de Jundiaí, atualmente, possui mais de 20 adegas produtoras de vinho. São diferentes tipos de vinho muitos deles produzidos tradicionalmente há mais de 120 anos ininterruptamente.

Vinhos de produtores de Jundiaí recebem prêmios em concurso nacional

A cidade e suas Rotas Turísticas, foi representada em um espaço de mais de 20 metros junto com produtores locais como a Vinícola Castanho, a Clamar Conservas, a Tre Sorelle e a D’viez. Além do vinho, levaram pela primeira vez ao evento os produtos derivados do vinho, como o Fettuccine de Vinho, a geleia de vinho, geleia de caipirinha e o bombom de vinho.

O São Paulo Wine Trade Fair promove o Congresso Internacional da Cachaça e do Vinho (CICAVI), evento de caráter cultural, social, técnico e econômico que ocorre em paralelo e tem como objetivo disseminar e fomentar o conhecimento tecnológico, agronômico, dos aspectos produtivos, da comercialização, da distribuição e do serviço entre os componentes da cadeia produtiva do vinho e da cachaça.

O tema do congresso deste ano destaca os desafios para os novos cenários de implantação de políticas ambientais, sociais e de governança no setor de bebidas adultas. E o que as indústrias do vinho e dos destilados podem ensinar sobre sustentabilidade. A grade de palestrantes tem presença confirmada de profissionais de destaque, brasileiros e estrangeiros.

Vinícola Castanho está em operação desde 1968

(Fonte/Imagem: Prefeitura de Jundiaí)