Para incentivar a adoção de animais entre os funcionários, rede cria a licença PETernidade



A  Doggi, primeira franquia especializada em banho e tosa por app do Brasil, acaba de lançar a ‘Licença PETernidade’, um benefício para os colaboradores da empresa passarem os primeiros dois dias da adoção na companhia do pet. A iniciativa tem por objetivo incentivar a adoção consciente de qualquer tipo de animal de estimação (cães, gatos, coelhos, tartarugas, hamsters e calopsitas, entre outros) e auxiliar na ambientação desta nova família. 

"Queremos garantir que o animal tenha a melhor adaptação possível ao seu novo lar. Caso a adoção ocorra no final de semana, o colaborador pode pedir a folga nos dias da semana”, explica Rodolfo Calvo, fundador e CPO da Doggi. Para solicitar o benefício, que não é descontado da folha de pagamento, o funcionário deve preencher o formulário de interesse da ‘Licença PETeternidade’ e informar à sua gestão e ao setor de RH com cinco dias de antecedência. Depois disso, automaticamente ele pode usufruir do benefício na companhia do seu novo amigo.  ;

Calvo compartilha que o amor pelos bichos os levam a buscar outras maneiras de estar perto deles e comenta que a Doggi "acredita que esse benefício é uma forma de incentivar nosso time”.