Pais processam filho por não lhes dar um neto



Um casal, no estado de Uttarakhand, no norte da Índia, está a processar o único filho e a nora por não lhes darem um neto, após seis anos de casamento.

Sanjeev e Sadhana Prasad pediram uma compensação no valor de 650 mil dólares (cerca de 620 mil euros) ao filho, no caso de este não lhes dar um neto, no período de um ano. O casal indiano de 61 e 57 anos afirma que gastou todas as poupanças para criar o filho, para além de lhe ter pagado um curso de piloto nos Estados Unidos, e um casamento de luxo, mas ainda não tem netos.

Em 2006, o filho dos Prasad partiu para os EUA para tirar um curso de piloto, tendo regressado um ano depois, desempregado, e ficado ao abrigo da família durante dois anos. Shrey Sagar acabou por conseguir um emprego como piloto e, em 2016, os pais pagaram-lhe um luxuoso casamento com Shubhangi Sinha, na esperança de receberem um "neto para brincar" quando se aposentassem. Para além disso, o casal alega ter dado ao filho e à nora um carro de luxo e uma lua-de-mel no estrangeiro.

"O meu filho está casado há seis anos, mas eles ainda não estão a planear um bebé. Se tivermos, pelo menos, um neto com quem passar o tempo, a nossa dor tornava-se suportável.", disse Prasad.

A ação altamente incomum foi apresentada com a justificação de "preocupações mentais" e o advogado do casal, AK Srivastava, disse que o dinheiro foi exigido por causa da "crueldade mental" que é estarem há muito tempo à espera de um neto. "É o sonho de todos os pais tornarem-se avós", declara o advogado.

A questão será julgada na cidade indiana de Haridwar, no dia 17 de maio. O filho e a nora dos Prasad não teceram comentários até à data.

Fonte: https://www.jn.pt/mundo/mundo-insolito/pais-processam-filho-por-nao-lhes-dar-um-neto-14853758.html

Leia também...