Mulher é presa após matar o filho autista de 5 anos com veneno

 

Divulgação Polícia Civil

Após denúncia de moradores nessa quinta-feira (5), uma mulher foi presa em Ibiquera, município a cerca de 400 km de Salvador, na Bahia, por ter envenenado e matado o próprio filho de 5 anos, que era autista.

A polícia informou que ela confessou ter cometido o crime porque o filho, Romério Sampaio Vaz, "mexia nas panelas e desarrumava a casa". Outras duas mulheres foram presas, acusadas de participação no homicídio e o avô da criança está foragido.





Na abordagem, a mulher primeiro disse que o filho estaria viajando, mas depois admitiu que colocou veneno de rato na água e na comida do filho no sábado (30), que morreu no dia seguinte, quando ela, com a ajuda das duas mulheres e o avô da criança, decidiu ocultar o corpo em uma área de difícil acesso, na zona rural do município. O corpo da criança foi achado em uma cova rasa.

Ela e as duas mulheres vão responder por destruição, subtração ou ocultação de cadáver e a mãe também responderá por homicídio.

Fonte G1 Bahia