Mulher é encontrada com pertences de taxista assassinado



Pertences do taxista Josias dos Santos, de 60 anos, assassinado no último sábado (07) em Campo Limpo Paulista, foram recuperados nesta quinta-feira (12) pela Polícia Civil.

Uma mulher foi presa em flagrante por receptação. Ela estava em poder de rodas e pneus do carro da vítima e negou que soubesse que se tratava de objetos roubados.

Lavoisier Aparecido Lopes Junior, 25, confessou o assassinato e está preso. Josias foi brutalmente morto pelo rapaz, que chegou a colocar uma meia na garganta do taxista e depois cravou uma faca em seu pescoço.

Conforme avançaram as investigações, ficou apurado que o criminoso já havia praticados diversos roubos a taxistas e motoristas de aplicativos. A ele, também foram atribuídos roubos nos quais obrigava as vítimas a transferir dinheiro por meio de PIX.

Lavoisier foi preso em casa após abandonar o cadáver uma área de mata na Estrada André Garcia e fugir com o carro. Ele foi autuado em flagrante por latrocínio (roubo seguido de morte) e pode ser condenado agora a uma pena de até 30 anos de reclusão.

Fonte: Imprensa Policial.