Homem salva gata em situação de rua e a leva para uma viagem incrível de moto



A gatinha Mogli nasceu nas ruas do Marrocos e vivia uma batalha por dia para encontrar abrigo e alimento até que cruzou o caminho do alemão Martin Klauka, de 32 anos. Ele estava fazendo um mochilão de motocicleta por vários países e não planejava adotar um animal, mas não conseguiu ignorar a presença e personalidade de Mogli que se aproximou dele pedindo comida. Eles criaram um vínculo e, na hora de partir, Martin decidiu levá-la junto nas próximas aventuras.



Ele estava de moto, mas isso não o impediu. Quando iniciou a jornada, o jovem pensava em desenvolver um estilo de vida nômade, autossuficiente, o que não incluia ter o compromisso de ser responsável por alguém, mas quando conheceu Mogli sentiu que eles eram almas gêmeas, ela, sozinha, tentando sobreviver, e ele, sozinho, buscando novas formas de se sentir vivo. O alemão viu que a gatinha estava muito magra e com um ferimento na cauda.



Martin a levou a uma clínica veterinária. Depois de conversar com moradores da região, ele descobriu que a gatinha era órfã, pois a mãe dela havia sido atropelada. Isso o deixou profundamente triste e reforçou a ideia de que ele precisava adotá-la. Após ter alta, Mogli foi levada para o quarto de hotel de Martin escondida e eles passaram um longo tempo juntos. Ela recebeu refeições deliciosas e aprendeu a confiar no seu novo amigo.



Ele ainda estava cheio de dúvidas, mas sabia que não poderia deixá-la para trás, pois os caminhos deles tinham se cruzado por algum motivo. Ele comprou equipamentos de segurança para transportar a gatinha e a levou em uma viagem pelo Mar Mediterrâneo até o Irã e depois pelos Emirados Árabes Unidos, atravessando 10 países no caminho e chegando a Dubai. Eles dormiam e comiam juntos. Não se separavam em nenhum instante.



Mogli, inclusive, desenvolveu o hábito de subir nos ombros de Martim para apreciar a paisagem e conhecer novas cidades. Por onde passa, a dupla chama atenção. É inegável. A gatinha se fortaleceu, engordou e ficou linda. Ela adora explorar novos terrenos, sempre sob a vigilância protetora do seu tutor. Eles desbravaram florestas e montanhas. Nem todos são amigáveis aos animais e eles foram expulsos de lojas e hotéis inúmeras vezes.



Mas, apesar de todos os percalços, Martim diz que não se arrepende nem por segundo de ter adotado Mogli. Após passar um tempo em Dubai, a dupla partirá em uma viagem para o Paquistão e a Índia. Eles ainda têm muitas aventuras a desfrutar.


Fonte: https://anda.jor.br/homem-salva-gata-em-situacao-de-rua-e-a-leva-para-uma-viagem-incrivel-de-moto/?fbclid=IwAR2cvCx7gDxnVAlKTvx9s_-ki2ZTLgxZnAv-QSRU6xL86yoYgUNipAWA6KM

Leia também...