Droga que causam efeito “zumbi” é apreendida pela PM na região


Mais um acusado de tráfico foi preso em Jundiaí por policiais militares do 11º Batalhão do Interior. Mais de um quilo de drogas variadas, separadas em porções, foram apreendidas, incluindo uma que causaria efeito “zumbi”, 85 vezes mais potente que a maconha natural.

Os entorpecentes, segundo o detido, poderiam render aproximadamente R$ 7,5 mil para o dono, que seria um homem conhecido pelo apelido de “Barata”. 

De acordo com o preso, tal pessoa lhe daria algumas pedras de crack para que ele levasse o entorpecente até o local em que foi encontrado pelos policiais militares.

Além de crack, cocaína, maconha e lança-perfume, duas potentes drogas foram encontradas. Anteriormente raras de serem encontradas, sua apreensão está sendo mais recente, o que liga um alerta nas forças policiais.

Trata-se do skunk e do K2 ou Spice, sendo ambas derivadas da maconha. Enquanto a primeira é chamada de supermaconha, já que possuí um índice de THC (princípio ativo) sete vezes superior à maconha “comum” por ser cultivada em laboratório, na água, a outra é sintética e teria causado efeito “zumbi” em usuários norte-americanos, que entraram em colapso de 11 horas em uma calçada do Brooklyn, em Nova York.

O efeito “zumbi” teria sido relacionado em razão de os usuários ficarem com uma força “sobre-humana” e resistentes à dor. Estudo recente apontou que o entorpecente seria 85 vezes mais potente que a maconha natural.


Fonte: Imprensa Policial

Leia também...