DIA DOS CIGANOS: CONHEÇA A HISTÓRIA DA PADROEIRA DESSE POVO E SUAS CURIOSIDADES



Sara Kali é conhecida como a Padroeira do Povo Cigano e hoje vamos contar um pouco sobre sua história e o motivo dela ser uma figura tão importante para os ciganos. A santa tinha a pele mais escura do que as dos outros e acreditavam que ela fosse uma escrava. Kali significa negra, ou seja, Sara Kali significa “Sara, a Negra”, por isso esse nome.

 “Sara identificou-se com a maneira livre e amorosa deste povo ao longo de sua vida e viveu em função de ajudá-los e foi também acolhida por eles.  Sua história, seus relatos nunca foram escritos, pois nós, ciganos não as escrevem, apenas passam-nas de pais para filhos, de geração para geração. Sara Kali nunca mais tirou seu véu. Uma vida de penitências, de fé e de exemplo. Sara é padroeira das mulheres no geral, das mulheres que desejam engravidar, das pessoas desesperadas e de todas as causas ligadas a prosperidade, amor e saúde. ”, comentou a Cigana Kélida Marques.

 Os ciganos são conhecidos por serem um povo misterioso e de possuírem muitos mitos. Na Europa são um dos que mais sofreram preconceitos por conta do modo de vida, diferente aos olhos da grande maioria, e por praticarem suas crenças. Esses são divididos em várias etnias e estão espalhados por todas as regiões do mundo. Sem uma origem definida, eles são vistos como nômades, não se fixam em lugares por muito tempo.

“É muito comum a estereotipagem do nosso cigano, na maioria dos casos vem à mente àquelas mulheres que ficam nas praças das ruas pedindo para ler a mão dos transeuntes. Mas essa imagem comum não contempla a nossa cultura. ”, comenta a cigana.

 Abaixo você descobre algumas curiosidades sobre os costumes, cultura e população dessa etnia. Confira! 

População: Segundo o censo do IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o Brasil tem mais de 500 mil ciganos, vindos de Portugal, as autoridades viram uma oportunidade de se livrarem dos considerados “indesejados”.

Trabalho: Na cultura cigana, as mulheres são responsáveis por manter a tradição cultural de seu povo. Cuidadoras do lar, elas fazem os alimentos e são conhecidas por lerem os destinos das pessoas pelas mãos. Já os homens ciganos têm liberdade de poder trabalhar em diversos segmentos como comercio ou serrem cuidadores de gado e cavalo.

Cultura: Os ciganos possuem seu próprio idioma, podendo existir entre eles pessoas que falam naturalmente e outras que só conhecem algumas palavras. É uma língua ágrafa (não pode ser escrita) e é ensinado de forma oral pelas famílias. Outro ponto marcante sobre esse povo é a dança, o flamenco, que é conhecido no mundo todo tem suas raízes ciganas.

Leia também...